Gravidez e filhos

Pré-adolescência é fase mais difícil para a mãe; especialistas dão 6 dicas

Do UOL, em São Paulo

Qual o período mais difícil para as mães? Esqueça os cuidados que os filhos precisam na infância e a rebeldia da adolescência. Segundo um estudo da Universidade Arizona States, nos Estados Unidos, o período que mais exige das mães é a pré-adolescência dos filhos (dos 11 aos 14 anos). As informações são do site da CNN.

Os pesquisadores do estudo, publicado na edição de janeiro da revista “Developmental Psychology”, entrevistaram 2.200 mães --com ensino médio e superior completo-- com filhos em diferentes faixas etárias, da infância à vida adulta. Eles, então, compararam as respostas das mães e ranquearam o sentimento que elas tinham sobre suas vidas.

As mães com filhos pré-adolescentes relataram maiores níveis de estresse, solidão e sensação de vazio, além de menores níveis de satisfação. Já as mães com crianças ou filhos adultos se mostraram as mais satisfeitas com a vida.

Para os pesquisadores, o resultado não é uma surpresa, visto que os pré-adolescentes passam por mudanças hormonais, corporais e cerebrais, além da dualidade entre querer ser independente e ser dependente dos pais.

Para passar por essa fase, a CNN colheu seis dicas com as especialistas Cynthia Tobias e Sue Acuña, autoras do livro "Middle School: The Inside Story: What Kids Tell Us, But Don't Tell You" ("Ensino Fundamental: Por Dentro da História: O Que Seus Filhos Contam para Nós, Mas Não Contam para Você", em livre tradução do inglês), e Michelle Icard, que escreveu "Middle School Makeover: Improving the Way You and Your Child Experience the Middle School Years." (“Transformações do Ensino Fundamental: Melhore a Maneira que Você e Seu Filho Passam pelos Anos do Ensino Fundamental”, em livre tradução do inglês). Veja abaixo.

  • Entenda o momento que seu filho está passando

    Um dos maiores conflitos entre as famílias é que os pais não compreendem que os filhos se enxergam como jovens e não mais como crianças. Portanto, quando os adultos os tratam como se fossem mais novos, eles reagem com revolta. Segundo as especialistas, os pais devem compreender que o filho está criando uma identidade própria na pré-adolescência para ter relações saudáveis no futuro. Com isso em mente, fica mais fácil suportar essa fase difícil.

  • Escolha um hobby

    Ao mesmo tempo que o filho está amadurecendo, os pais também estão envelhecendo e notando que não são mais o centro da vida dele, portanto, as especialistas recomendam que eles encontrem novos hobbies, uma fonte de alegria nos momentos difíceis.

  • Saiba a hora de se aproximar

    Ainda que muitos pais sintam que os filhos pré-adolescentes não querem proximidade, as especialistas afirmam que eles querem, sim, que os adultos estejam envolvidos na vida deles. No entanto, eles se incomodam com algumas perguntas, como "para quem você está mandando mensagem?", portanto, é importante saber a hora de se aproximar.

  • Mantenha um semblante neutro ao ouvir o pré-adolescente

    Além de aprender a ouvir mais, as especialistas recomendam que os pais façam "cara de botox" na hora que estiverem ouvindo os jovens. Como vários estudos mostram que as crianças não sabem identificar as expressões faciais, muitos pensam que os pais estão bravos com eles. Portanto, adote um visual neutro, enquanto estiver falando com o filho.

  • Não interrompa ou finalize as histórias

    A partir do momento que o jovem começar a contar uma história, não interrompa ou finalize suas frases. Ninguém gosta desse tipo de atitude. Para as especialistas, as crianças mais bem-sucedidas conseguem conversar com os pais sobre tudo e sabem que eles irão apoiá-la, mesmo que ela tenha feito algo errado.

  • Não desista

    Descobrir como lidar com os filhos nessa fase é difícil, mas não desista de se aproximar. Ainda que os pais tenham tendência de deixar para lá, é preciso ter em mente que esse período é importante para a criança, pois ela está se desenvolvendo, e os aprendizados nessa etapa irão moldar sua vida adulta.

Topo