Últimas de Estilo de vida

Quer engravidar? Especialista dá seis dicas para turbinar a fertilidade

Do UOL, em São Paulo

Todo casal que quer ter um filho sabe que o primeiro passo para conseguir engravidar é aumentar a frequência das relações sexuais. Há vários outros conselhos que prometem facilitar a fertilidade, sendo que alguns já são bem conhecidos --como parar de fumar.

Para quem ainda está precisando de uma ajudinha, a especialista em saúde feminina Marilyn Glenville revelou, em entrevista ao periódico britânico “Daily Mail”, seis dicas especiais, que prometem aumentar a fertilidade do casal: 

Seis dicas curiosas para aumentar a fertilidade

  • Tenha orgasmo depois do seu parceiro

    Os biólogos ingleses Robin Baker e Mark Bellis descobriram que, quando uma mulher atinge o orgasmo após a ejaculação do parceiro, ela retém, significativamente, mais esperma do que quando não atinge o clímax. Além disso, estudos indicam que as fortes contrações musculares (associadas ao orgasmo) criam um vácuo parcial, que ajuda a "sugar" o esperma da vagina para o colo do útero. Mas é importante lembrar que, para uma mulher engravidar, ela não precisa necessariamente ter orgasmo em toda relação.

  • Tome sol

    Há uma ligação entre sol e fertilidade: é por meio da absorção da luz solar pela pele que se obtém bons níveis de vitamina D no organismo. Essa substância equilibra o sistema imunológico da mulher, o que é importante para manter a gravidez. Isso porque, quando a mulher engravida, seu sistema imunológico deve ser suprimido, já que metade do DNA do bebê não é dela. Quando isso não acontece, fica mais difícil engravidar e/ou manter a gestação. A vitamina D também é importante para a fertilidade masculina: baixos níveis estão associados à pouca mobilidade do esperma.

  • Suspenda o café

    Para quem está querendo ter um filho, beber café pode ser tão ruim quanto o hábito de fumar. Pesquisas indicam que as mulheres que tomam mais de cinco xícaras por dia reduzem pela metade as chances de engravidar. Além disso, mesmo depois que o teste der positivo, o indicado é suspender o consumo de café por um tempo. Um estudo aponta que beber duas xícaras do líquido ao dia aumenta em 25% o risco de sofrer um aborto espontâneo.

  • Use os nutrientes a seu favor

    Certos nutrientes, como zinco e ácido fólico, são importantes e precisam ser tomados durante a gravidez. No entanto, médicos recomendam também a ingestão da co-enzima Q10. A substância está presente em quase todas as células do corpo, sendo crucial para a produção de energia. Ela é um complemento interessante também para os homens cujo esperma tem pouca mobilidade e para as mulheres mais velhas, pois melhora a qualidade do óvulo, aumentando as chances de engravidar.

  • Deixe o notebook de lado

    Os testículos ficam na parte externa do corpo do homem por uma razão: o esperma precisa ter temperatura mais baixa que o restante do organismo. À medida que eles ficam mais perto do corpo, como quando os homens dirigem ou andam de bicicleta, por exemplo, o esperma aquece, o que afeta sua qualidade. Utilizar o notebook no colo também é prejudicial para o esperma. O aparelho esquenta a região e, para equilibrar o computador, os homens fecham as pernas por muito tempo, elevando em até 2,1°C a temperatura. Parece pouco, mas o aumento de apenas 1°C pode diminuir a fertilidade em 40%.

  • Não embrulhe alimentos em plástico filme

    Mesmo que seja bastante comum encontrar vários produtos que já vêm embalados em plástico filme, o mais indicado é retirar o material e colocar os alimentos em sacos ou em outras embalagens antes de guardá-los. Estudos recentes têm questionado a segurança do plástico filme, pois ele é feito de PVC (cloreto de polivinila), substância que interfere no sistema hormonal e pode diminuir as chances de engravidar.

Topo