Gestação

Nascimento pode ser comemorado com festa ainda na maternidade

Thais Carvalho Diniz

Do UOL, em São Paulo

Para as mamães que acham pouco comemorar a chegada do filho só com o chá de bebê, realizado antes do nascimento, uma tendência é a festa de maternidade, que pode ser ainda sucedida pelo chá de apresentação. Este serve para apresentar a criança para amigos e familiares que não puderam ir vê-la no hospital.

Desde 2005, Tatiana Ulhôa, diretora-executiva de eventos da empresa Decorando Emoções, trabalha na personalização de quartos de maternidade.

"Estudamos o assunto com maternidades, médicos e enfermeiros para que pudéssemos desenvolver um produto que atendesse às necessidades das mães, porém tomando os devidos cuidados em relação ao ambiente hospitalar", afirma.

Após consulta ao hospital escolhido pela gestante para ver o que pode ou não ser feito no apartamento –flores naturais, por exemplo, não são recomendadas em quartos pequenos–, é só definir o tema e o que mais desejar. Opções não faltam e vão desde o nome do recém-nascido na porta do quarto, oferta de petiscos e bebidas, atendimento por garçons até as tradicionais lembrancinhas de maternidade.

"Já tivemos pais que queriam colocar chopeira dentro do quarto e não foi permitido pelo hospital", diz Adriana Romualdo, da empresa carioca Julubeca, que está no mercado desde 2011.

Segundo a organizadora de eventos Andressa Betinassi, proprietária da Festa dos Meus Sonhos, as mães costumam tentar harmonizar as cores da decoração do ambiente hospitalar com a do quarto do bebê em casa, justamente com o propósito de utilizar alguns itens posteriormente.

"As mais pedidas são: bichos, marinheiro, ursinho, bailarina, princesa e boneca. A cegonha também é um tema que nunca sai de moda e serve tanto para meninas quanto para meninos", fala.

Para quem quer esse tipo de serviço, que pode ser feito com montagem especial do quarto ou apenas venda do kit para a própria família levar para a maternidade, é imprescindível planejamento.

"As encomendas devem ser feitas com um prazo de, no mínimo, 30 dias. No caso de cesariana marcada, é só agendar com a mãe a data e preparar o quarto. Quando é parto normal, sugiro que a mamãe escolha produtos mais duráveis, como chocolates, balas e confeitos, pois podem ser produzidos e aguardar a chegada do bebê", diz Andressa, da Festa dos Meus Sonhos.

O preço do pacote pode variar de R$ 230 a R$ 3.500, de acordo com os desejos da gestante, assim como o tempo de serviço.

"Existem mães que querem apenas para o primeiro dia. Outras já desejam para o segundo dia também. De qualquer maneira, sempre retornamos ao local no dia seguinte ao nascimento para saber como foi e retirar o que não for mais utilizado", afirma Adriana, da Julubeca.

 

Topo