Gravidez e filhos

Mulheres americanas estão adiando mais a maternidade, diz estudo

Ventura/Shutterstock
Mulheres americanas estão atrasando mais a maternidade, segundo relatório oficial do país imagem: Ventura/Shutterstock

Relax News

De acordo com o estudo do Centers for Disease Control and Prevention (Centro de Controle de Doenças e Prevenção, em tradução livre) dos Estados Unidos, mulheres americanas estão esperando mais para ter filhos.

Seguindo a tendência do Canadá, a taxa de mulheres entre 30 e 40 e poucos anos que têm filhos aumentou. Já a taxa de nascimentos de mães adolescentes ou jovens adultas teve queda recorde: cerca de 300 mil bebês nasceram de adolescentes no ano passado, enquanto esse número era de 645 mil em 1970.

Para mulheres com idade entre 30 e 34 anos, as taxas aumentaram 1% em 2012, com cerca de 97 nascimentos a cada mil mulheres. Entre 35 e 39 anos, o aumento foi de 2%, enquanto a taxa entre 40 e 44 aumentou 1%. 

De acordo com um dado recente da Organização de Cooperação Econômica e Desenvolvimento, mulheres britânicas e alemãs estão atrasando mais a maternidade do que mulheres de outros países, sendo que elas começam uma família, em média, aos 30.

A média nos Estados Unidos é de 25 anos, enquanto francesas normalmente têm seu primeiro filho aos 28 anos e meio. A pesquisa também mostrou que mulheres escandinavas normalmente têm seu primeiro filho aos 28 anos.

Topo