Adolescência

Para adolescente aprender, basta uma hora de lição por dia

Getty Images
Alunos que faziam mais de 70 minutos de lição de casa tiveram queda no desempenho imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

 

Adolescente que faz muita lição de casa de matemática e ciências não assimila necessariamente melhor o conteúdo escolar. A constatação foi feita pelos pesquisadores da Universidade de Oviedo, na Espanha, e publicada no "Journal of Educational Psychology", da Associação Americana de Psicologia.

Segundo os estudiosos, uma hora por dia é o tempo ideal para que o jovem se dedique às tarefas escolares. Eles também constataram que o adolescente que executa sozinho a lição tem maior ganho de conhecimento.

Para alcançar os resultados, os cientistas analisaram o desempenho de 7.725 alunos de escolas públicas e particulares no Principado das Astúrias, no norte da Espanha. Os estudantes receberam questionários para relatar quantas vezes faziam lição de casa, quanto tempo gastavam nas tarefas, bem como se faziam sozinhos ou se tinham ajuda. Os que recebiam auxílio tinham de indicar com que frequência isso acontecia. O desempenho acadêmico em matemática e ciências foi medido usando um teste padronizado, e os pesquisadores levaram em conta as notas anteriores nas duas matérias.

De acordo com Javier Suarez-Alvarez, um dos autores do estudo, os dados obtidos indicam que não é necessário atribuir enormes quantidades de lição de casa, mas é importante que a atribuição seja feita regularmente, com o objetivo de incutir hábitos e promover uma aprendizagem autônoma.

O estudo mostrou que, no caso de professores que passavam lições de casa com duração entre 90 e cem minutos por dia, o desempenho dos alunos em matemática e ciências começava a declinar.

Quanto a trabalhar de forma autônoma ou com ajuda, os pesquisadores descobriram que os estudantes que precisavam de ajuda e gastavam 70 minutos na lição de casa pontuavam 50% no teste, enquanto os que faziam o dever sozinho e gastavam a mesma quantidade de tempo tinham uma nota de 70% na mesma avaliação.

Topo