Vídeos

Pais dos quíntuplos anunciam nomes dos bebês

Junior Lago/UOL
Karina, aos seis meses de gestação (foto), foi internada para aguardar o parto imagem: Junior Lago/UOL

Do UOL, em São Paulo

 

Karina Bárbara Barreira e João Biagi Júnior, os pais dos quíntuplos, anunciaram como se chamarão os bebês em entrevista exibida no "Fantástico" (Globo), neste domingo (19). Arthur, Melissa, Laís, Giulia e Gabriela foram os nomes escolhidos pelo casal. O parto foi realizado no hospital Sepaco, em São Paulo, na segunda-feira (13).

Karina recebeu alta da UTI e foi transferida para o quarto na quarta-feira (15). Segundo Júnior, a mulher conseguiu visitar os bebês logo que teve alta e se emocionou muito durante o encontro. "Também visitei a UTI neonatal, conversei com as crianças, mas ainda não consigo ver quem é mais parecido com quem", afirma.

O quadro dos bebês está evoluindo bem e a previsão é de que eles tenham alta entre dois e três meses. No sábado (18), apenas dois precisavam de um suporte de oxigênio não invasivo, enquanto os outros respiram em ar ambiente. As crianças permanecerão na UTI do hospital até ganharem o peso necessário (1,8 quilos) para terem alta. "Eles evoluíram muito bem e estão recebendo alimentação pela veia. A fase é de muitos cuidados", fala Luci Meire Pivelli Usberco, superintendente operacional do hospital.

O parto

Por ser uma gravidez de cinco bebês, esperava-se que Karina não completasse 40 semanas de gestação, mas alcançasse, pelo menos, a 32ª semana. O parto aconteceu ainda mais cedo porque um dos bebês apresentou insuficiência placentária. "O sangue da mãe já não estava sendo passado de forma adequada para uma das crianças, portanto, resolvemos adiantar o parto antes que houvesse qualquer tipo de prejuízo para ela", explica Linus Pauling Fascina, superintendente médico-hospitalar e diretor técnico do hospital.

A cesárea teve duração de 40 minutos, e o intervalo de nascimento entre o primeiro e o último bebê foi de três minutos. O primeiro a nascer foi o menino, com 1,185 kg. As quatro meninas nasceram na sequência e pesavam, respectivamente, 905 gramas, 930 gramas, 595 gramas e 715 gramas. "Todos estão bem formados e agora vão passar por um período de crescimento extrauterino. A faixa de peso era a esperada, pois, por restrições anatômicas, não caberia bebês maiores dentro do útero", afirma o superintendente.

Divulgação/Hospital Sepaco
João dá a mão à Karina durante o parto dos quíntuplos imagem: Divulgação/Hospital Sepaco

Fascina foi um dos coordenadores dos treinamentos realizados pelo Sepaco para o parto dos quíntuplos. Como o nascimento envolveu oito neonatologistas (pediatras especializados em recém-nascidos), três obstetras, dois anestesistas, três enfermeiros, um instrumentador e seis técnicas de enfermagem, os médicos fizeram duas simulações da cesárea de Karina. Uma câmera do hospital registrou o parto e a sequência do nascimento do primeiro ao último bebê.

O pai dos quíntuplos declarou que não tinha palavras para descrever a emoção do momento do parto. "Não consigo resumir em uma palavra. Acompanhei tudo desde o início e chorei de felicidade quando chegou a hora. Não sabia se gritava para comemorar", afirma.

A gravidez semana a semana

Saiba como a gravidez evolui, semana a semana, e aproveite melhor os dias que antecedem o nascimento de seu bebê

Veja

Topo