Últimas de Estilo de vida

Aos 52 anos, australiana ainda amamenta filha de seis

Reprodução/Facebook
Maha Al Musa ainda amamenta a filha, Aminah, de seis anos imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

 

Maha Al Musa, 52 anos, de Byron Bay, na Austrália, tem orgulho de amamentar a filha, Aminah, 6. Em entrevista à revista australiana “Woman's Day”, ela afirmou que oferece o peito sempre que a menina deseja. Maha também não imuniza Aminah com vacinas, pois diz acreditar no poder do leite materno. O OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda a amamentação até os dois anos da criança ou mais.

“Tem gosto de doce, mas cada dia tem sabor de algo diferente. É a coisa mais legal de fazer quando não estou na escola. Mais crianças deveriam mamar, pois é bom para a saúde”, afirmou a criança à publicação australiana.

Aminah costuma mamar antes de ir dormir, mas Maha afirma que amamenta a filha quando e onde ela quiser, pois, como mãe, está apenas respondendo a um desejo natural da filha.

Para Maha, é durante a amamentação que ela e a menina se conectam. Durante a entrevista à “Woman's Day”, a filha afirmou que adora tanto mamar no peito materno que, provavelmente, continuará até completar oito anos.

Em um post no Facebook no mês de fevereiro, Maha declarou que é normal ainda amamentar Aminah e pediu às pessoas que respeitem sua decisão. “Deixem a mãe e seus filhos decidirem o que é melhor para eles. Amamentar uma criança de quatro a oito anos é normal”, declarou na rede social.

Topo