Gravidez e filhos

Grávida de gêmeas, personal trainer é criticada na web por levantar peso

Reprodução/Instagram
Sophie foi liberada por seu obstetra para praticar atividade física imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

 

Grávida de gêmeos, a personal trainer Sophie Guidolin, 26, virou alvo de críticas na internet depois de postar uma imagem em que aparece levantando pesos. A informação é do periódico britânico “Daily Mail”.

Sophie, que está na 26ª semana de gestação, espera duas meninas para o final do mês de agosto e foi liberada pelo obstetra para continuar treinando durante esse período, mas sem exageros. Para quem não tinha o hábito de se exercitar antes da gravidez, o indicado é iniciar com atividades mais leves e moderadas, sempre com acompanhamento.

Muitos internautas criticaram o fato de que Sophie aparece na imagem levantando uma barra com 30 quilos. “Eles consideram essa carga como pesada, mas para quem? Tenho um filho que pesa 29 quilos e, quando ele cai no sono, em algum lugar, tenho de levá-lo no colo”, falou ao jornal britânico.

Sophie afirmou que reduziu em 50% todo o volume de cargas do seu treino, além de monitorar a frequência cardíaca durante a atividade física e aumentar o período de descanso entre as séries.

"Não estou colocando nenhuma pressão em mim mesma, escuto os sinais do meu corpo e, quando estou me sentindo muito cansada, não vou treinar. Não sinto necessidade de voltar a ter um corpão logo depois do parto”, declarou ao jornal.

Atualmente, a personal treina musculação três vezes por semana e, no início da gravidez, optou por exercícios de pilates.

Sophie teme que as críticas à imagem em que aparece levantando peso desencoraje outras mulheres grávidas a praticarem atividade física. "Há tantos mitos e medos por trás de fazer exercício durante a gestação. Mas, com orientação médica e acompanhamento, as vantagens de se exercitar durante esse período são imensas”, afirmou ao jornal.

Até as duas primeiras gestações, a personal diz que nunca tinha pisado em uma academia e não era nada saudável. "Tive diabetes gestacional e engordei 28 quilos em cada gestação, quando o recomendado é manter o ganho de peso entre 12 e 14 quilos”, contou ao “Daily Mail”

Na gestação atual, Sophie engordou apenas sete quilos e meio e encoraja que as grávidas façam atividade física, sempre com acompanhamento médico. "Tudo o que quero é que as mulheres abracem um estilo de vida ativo e saudável. Se alguém tivesse me dito durante as primeiras gestações que caminhar todos os dias ou treinar musculação traria tantos benefícios para a gravidez, teria feito toda a diferença”, afirma.

 Reportagem mostra os benefícios da prática de pilates durante a gestação 

Topo