Gravidez e filhos

Depois de perder pai e mãe, garoto quer espalhar sorrisos

Reprodução/Youtube
Após perder os pais, Jaden assumiu como missão fazer as pessoas felizes imagem: Reprodução/Youtube

Do UOL, em São Paulo

 

O pesadelo de toda criança aconteceu na vida de Jaden Hayes, seis anos, de Savannah, na Geórgia, nos Estados Unidos. De acordo com a emissora americana CBS, aos quatro anos, o garoto perdeu o pai. Dois anos depois, sua mãe morreu inesperadamente, dormindo. 

"Tentei, tentei e tentei acordá-la, mas não consegui. Qualquer pessoa pode morrer, qualquer um", afirmou à reportagem.

Depois de algumas semanas morando com a tia, Barbara DiCola, sua nova guardiã, Hayes disse que estava cansado de ver todo mundo triste sempre e que tinha um plano para mudar isso.

Naquele dia, o garoto pediu à tia que comprasse vários brinquedos pequenos e o levasse ao centro da cidade onde moravam, para que ele pudesse distribuí-los às pessoas.

"Estou tentando fazer pessoas sorrirem", falou aden, que costuma escolher quem não está sorrindo para dar o brinquedo e transformar seu dia.

Ele e a tia já foram ao centro da cidade quatro vezes e, a cada tentativa, ele conseguiu cumprir sua missão.

Às vezes, as pessoas ficam tão emocionadas que até choram de alegria por ver um garoto órfão doando brinquedos sem esperar nada em troca.

Segundo Barbara, essas reações têm ajudado muito o sobrinho a lidar com o luto. "Ele fica em uma alegria imensa e, quanto mais pessoas, ele faz sorrir, mais feliz ele fica", afirmou a tia.

"Ainda estou triste que minha mãe morreu", disse o menino, que contabiliza que já fez mais de 500 pessoas sorrirem com sua iniciativa. "Minha meta é conseguir, pelo menos, 33 mil sorrisos", contou à CBS.

Topo