Gravidez e filhos

Série de fotos mostra feições de mulheres da África e da Europa ao parirem

Reprodução/Facebook
Fotógrafa registra suíça dando à luz em imagem de série fotográfica imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

A fotógrafa suíça Moa Karlberg criou a série "Hundred Times a Difference" (centena de vezes diferente, em livre tradução do inglês) em que retrata o rosto de mulheres dando à luz na Suíça e na Tanzânia. Segundo o periódico britânico "Daily Mail", o objetivo é mostrar as diferenças no sistema de saúde disponíveis para as mulheres na Europa e na África.

Para fazer a série de fotografias em preto e branco, a fotógrafa acompanhou o parto e constatou que, enquanto na Europa, a grávida tem à sua disposição medicamentos e uma série de outros cuidados, as mulheres na Tanzânia dão à luz sem ajuda de ninguém.

Reprodução/Facebook
Mulher da Tanzânia dá à luz em imagem da série fotográfica imagem: Reprodução/Facebook

Ainda que a diferença no atendimento seja grande, Moa contou ao “Daily Mail” que ficou pasma do quanto as expressões faciais dessas mães são semelhantes. "Todas passam pelos mesmos estágios do parto, ainda que as suíças tenham acesso a medicamentos que as africanas não possuem", afirmou ao periódico.

"Quando há alguma complicação no parto, essas diferenças são ainda mais fáceis de serem observadas, já que as clínicas na Tanzânia não têm recursos e equipamentos, como anestesia. Algumas mulheres estão distantes de hospitais e têm os filhos sozinhas. Todos esses fatores fazem com que a mortalidade materna no país seja grande", falou ao jornal.

Moa começou a fotografar os partos na Suíça em 2012, quase desistiu do projeto, mas retomou com a ideia de aumentar a conscientização de que não são todas as mulheres que podem parir de um jeito seguro pelo mundo. A ideia da fotógrafa é que seu trabalho gere discussão e reflexão sobre o assunto. 

Topo