Gravidez e filhos

Menina transgênero grava vídeo contando como foi sua transição

Do UOL, em São Paulo

A ativista transgênero Willa Nayor, 7 anos, gravou um vídeo pedindo que as crianças transgêneros sejam ouvidas e tenham seus direitos respeitados.

Em Malta, país em que Willa vive, foi aprovada uma lei, em abril deste ano, dedicada à menina, que reconhece a identidade de pessoas transgênero.

No vídeo, Willa conta como se sentia na pele de um garoto e como foi seu processo de transição –desde a aceitação dos pais até se vestir como garota em casa e na escola. “As crianças transgêneros precisam ser respeitadas e ouvidas. Nós não temos uma doença e não vamos mudar”, afirmou.

Topo