Gravidez e filhos

Dependência de tabaco na adolescência deve ser tratada como a de drogas

Getty Images
Parar de fumar é urgente para adolescentes imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

 

Um estudo da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, apontou que a dependência de tabaco em adolescentes deve ser tratada com a mesma urgência que a dependência de drogas.

Segundo Jessica Muilenburg, professora associada da Faculdade de Saúde Pública na instituição e coordenadora do estudo, o vício em tabaco normalmente é um assunto negligenciado por não carregar o mesmo estigma do alcoolismo ou do abuso de drogas.

No entanto, o tabagismo modifica a química cerebral fazendo com que o fumante tenha maior necessidade da nicotina ou de outras drogas. Isso faz com que parar de fumar seja fundamental para evitar recaídas em dependentes químicos.

No estudo, publicado no periódico científico “Journal of Adolescent Health”, foram pesquisados tratamentos definitivos para largar o vício em adolescentes e jovens adultos, de 12 a 28 anos.

Os pesquisadores analisaram os tipos de tratamento oferecidos em centros para dependentes químicos nos Estados Unidos e entrevistaram os profissionais responsáveis pelo aconselhamento dos jovens adictos.

Os estudiosos perceberam que poucos deles utilizam os recursos disponíveis para ajudar os jovens a parar de fumar, como medicamentos, adesivos ou chicletes de nicotina, embora estivessem habilitados a fazê-lo.

Para Jessica, isso acontece porque o objetivo principal desses centros é livrar os jovens do alcoolismo e das drogas, mas não do cigarro. Porém, em sua opinião, o benefício do tratamento seria muito maior se eles também incluíssem o tabagismo entre suas preocupações.

Topo