Gravidez e filhos

Vídeo explica desigualdade de gênero para crianças

Do UOL, em São Paulo

“Jogar futebol é coisa de menino. Brincar de casinha é coisa de menina”. Para mostrar às crianças que esse tipo de afirmação não faz sentido algum, a rede Marista de Solidariedade criou um vídeo educativo, que faz parte da campanha "Defenda-se". O material aborda a desigualdade de gênero e suas implicações na violência sexual.

Com uma linguagem infantil, o conteúdo foi desenvolvido com a ajuda de crianças e adolescentes do Centro Educacional Marista São José.

As personagens do vídeo, Valentina e Caio, contestam os papéis de gênero que são construídos desde a infância, em que as crianças precisam assumir posturas pré-determinadas de cada sexo, ainda que isso vá contra sua vontade.

O vídeo foi lançado na semana que marca as mobilizações em torno da Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança, que foi celebrado em 20 de novembro. O material também está disponível no site do projeto, juntamente com documentos de referência sobre o enfrentamento à violência sexual e materiais para mobilização do tema nas mídias sociais.

Topo