Gravidez e filhos

Aplicativo ajuda pais a identificarem motivo de choro do bebê recém-nascido

Do UOL, em São Paulo

Pais de primeira viagem costumam ter muita dificuldade para compreender por qual motivo o filho bebê chora. Será fome, sono, dor ou algum incômodo? A incompreensão pode gerar ansiedade e estresse, além de muitas noites sem dormir.

Mas agora um aplicativo para celular promete facilitar essa tarefa. Criado pela empresa australiana DBL (Dunstan Baby Language), o Baby Ears baseia-se no método criado pela musicista australiana Priscila Dunstan a partir de sua própria experiência como mãe.

Ao observar o filho, Tomas, chorando, Priscila identificou cinco padrões de som: "neh" (fome), "eh" (gases), "heh" (desconforto), "owh" (sono) e "eairh" (cólica).

Depois de estudar bebês de diversas partes do mundo, ela notou que os sons eram, na verdade, uma linguagem universal, que se repetia em recém-nascidos, independentemente da etnia ou da cultura local.

Divulgação
Baby Ears funciona em iOS imagem: Divulgação

Disponível para iOS, o aplicativo oferece aulas, vídeos e dicas para treinar os pais a agirem de maneira mais rápida e precisa, de acordo com a necessidade do filho. O Baby Ears pode ser usado em IPhone e IPad e custa US$ 3,99 (cerca de R$ 16). 

No site da fabricante, uma das usuárias escreveu: “Eu estava estressada por não saber por que razão meu bebê estava chorando. Consegui aprender o significado de cada som, testá-los e, mais importante, comparar os sons produzidos pelo meu bebê com os do aplicativo. Meu único arrependimento foi não descoberto antes”.

Topo