Gravidez e filhos

Após diagnóstico de prisão de ventre, inglesa dá à luz no vaso sanitário

Wales News Service/Reprodução
Charlotte Bryant e seu bebê, Joshua imagem: Wales News Service/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

 

Charlotte Bryant, 20, de Cardiff, no Reino Unido, não fazia ideia de que estava grávida de nove meses quando deu à luz no vaso sanitário. Nenhum dos três médicos que ela procurou por conta das fortes dores nas costas que sentia acertou no diagnóstico, imaginando que o inchaço em sua barriga fosse causado por prisão de ventre. As informações são do jornal britânico “Daily Mail”.

A inglesa, que trabalha como professora assistente, foi medicada com laxantes e analgésicos e nem desconfiou que seu aumento de peso fosse causado pela gestação avançada. “Imaginei que estivesse comendo muito bolo”, disse à reportagem. Sua menstruação nunca atrasou e ela não sentiu o bebê mexer nem ao menos uma vez.

Charlotte conta que se sentou no vaso sanitário e percebeu algo estranho entre as suas pernas. “Senti necessidade de fazer força e, quando olhei para baixo, vi o bebê olhando para mim. Foi absolutamente surreal.”

O bebê Joshua nasceu rapidamente e, por sorte, o irmão de Charlotte, Adam, 26, também estava em casa para ajudá-la. “Quando gritei para meu irmão que tinha acabado de ter um bebê, ele falou para eu parar de ser estúpida. Até que desceu as escadas e viu Joshua em meus braços.”

Ela então embrulhou o bebê em uma toalha enquanto esperava por uma ambulância, que levou apenas dez minutos para chegar. Um dos paramédicos cortou o cordão umbilical, checou os sinais vitais do recém-nascido e, em seguida, levou mãe e filho para o hospital.

Joshua nasceu pesando aproximadamente 3,3 kg, mas precisou ser encaminhado à UTI neonatal por causa de uma infecção pulmonar.

Charlotte mandou uma mensagem com a foto do bebê ao namorado, Daniel Hughes, 25, com quem se relaciona há dois anos, avisando sobre o nascimento do filho. “Assim como eu, ele ficou chocado.”

Topo