Gravidez e filhos

Obstetra tricota gorros de lã para os bebês que ajudou a nascer

drbobsbabybeanies.blogspot.com.br/Reprodução
Bebê usa touca feita pelo médico imagem: drbobsbabybeanies.blogspot.com.br/Reprodução

Do UOL, em São Paulo

 

Com 20 anos de experiência como obstetra, o americano Robert Sansonetti costuma ter uma relação muito próxima com as pacientes que fazem o pré-natal e o parto com ele.

Nos últimos cinco anos, o “doutor Bob”, como é carinhosamente chamado, encontrou uma maneira de tornar o momento do parto ainda mais especial, presenteando as famílias com gorros de lã tricotados por ele mesmo.

O gesto costuma emocionar os pais dos recém-nascidos, que devolvem a gentileza dando novelos de lã ao médico para que ele continue a produção.

O médico começou a tricotar os gorros após comprar o livro “Hat Heads” para seus filhos, no Natal de 2010. A obra conta a história de um homem que aprendeu a tricotar sozinho e passou a confeccionar modelos de chapéus inusitados.

Inspirado pela narrativa, o obstetra passou a tricotar pequenas toucas como treino, até que percebeu que elas eram do tamanho exato da cabeça de um recém-nascido. 

drbobsbabybeanies.blogspot.com.br/Reprodução
As gêmeas Adalynn e Olivia usam os gorros tricotados pelo obstetra Robert Sansonetti imagem: drbobsbabybeanies.blogspot.com.br/Reprodução

O primeiro bebê a ser presenteado foi um menino nascido em janeiro de 2011. A reação da mãe foi tão marcante que o médico decidiu continuar produzindo os mimos, que se tornaram a marca registrada de seus partos. Desde então, já foram confeccionados mais de 200 gorros.

Cada touca leva em média quatro horas para ficar pronta e, no final, ganha uma etiqueta com a marca “Baby Beanie by Dr. Bob” (gorro de bebê feito pelo doutor Bob, em tradução livre do inglês). 

Para aproveitar o tempo, o médico tricota no hospital, enquanto suas pacientes estão em trabalho de parto.

Postadas em seu blog pessoal, as fotos dos bebês usando as toucas são sucesso em todo o mundo.

Topo