Gravidez e filhos

Livro reúne construções fantásticas para aproximar crianças da arquitetura

Divulgação
Ilustração inspirada na Casa Bola, de Eduardo Longo imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

A jornalista Bianca Antunes e a arquiteta Simone Sayegh se juntaram para criar o livro "Casacadabra" (Pistache Editorial). A publicação --que está sendo viabilizada por meio do Catarse, plataforma de financiamento coletivo-- reúne construções fantásticas pelo mundo com o objetivo de aproximar as crianças da arquitetura. Para as autoras, as cidades serão mais justas e humanas quando a arquitetura e o urbanismo começarem a ser ensinados nas aulas de ensino básico e fundamental, e não apenas nas faculdades de arquitetura.

Além de ensinar jargões da área de forma simples e didática, a proposta do livro é ser um objeto de brincadeira e aprendizado, estimulando a criança a pensar sobre sua casa e cidade. 

A publicação, que conta com ilustrações de Carolina Hernandes, designer e ilustradora formada pelo IED (Istituto Europeo di Design), traz dez casas construídas pelo mundo e assinadas por arquitetos famosos, dentre as quais: a Casa Batlló (Barcelona), de Gaudí; a Casa de Vidro, de Lina Bo Bardi; a Casa Bola, de Eduardo Longo, e um edifício cheio de casas: o Copan, de Oscar Niemeyer, os três últimos projetos em São Paulo.

Por meio do financiamento coletivo, o projeto já atingiu 20% dos R$ 78.828 necessários para produção e impressão do material. Os interessados poderão contribuir até 12 de junho.

Há contrapartidas de R$ 30 a R$ 173 –que vão desde um agradecimento no site do projeto, passando pelo livro e recompensas como maquetes de papel da Casa de Vidro para recortar e montar, feitas  por Valéria e Roberto Fialho (Nave Arquitetos). Quem deseja o livro precisa contribuir com um valor acima de R$ 70.

O projeto também busca apoios e patrocínios para que não só a produção do livro seja financiada, mas também atividades educativas relacionadas, levando a publicação às ruas e gerando discussões.
 

Topo