Gravidez e filhos

Vídeo de bebê que se joga na piscina e boia sozinha viraliza na internet

Do UOL, em São Paulo

A americana Keri Morisson tem enfrentado duras críticas dos internautas após postar no Facebook um vídeo no qual a filha, Josie, de seis meses, é instigada a cair em uma piscina para pegar um objeto. A menina cai de cabeça na água e então se esforça para se virar sozinha e começar a boiar.

A gravação, que gera certa aflição em quem assiste, viralizou nas redes sociais, causando indignação de algumas pessoas, que consideram a atitude da mãe perigosa demais, mas Keri se defende.

Ao telejornal “Today”, ela contou que tem fortes razões para ensinar a bebê a nadar. Seu primeiro filho, Jake, morreu afogado em 2013, quando tinha apenas dois anos e meio de idade.

“Gostaria de poder voltar no tempo e colocá-lo nessas aulas. Sinto que falhei como mãe e estou determinada a impedir que aconteça o mesmo com a minha filha”, afirmou em entrevista ao programa de TV.

A técnica utilizada para treinar Josie é conhecida como ISR (Infant Swimming Resource) e tem representantes em diversos países do mundo, inclusive no Brasil. 

As aulas duram dez minutos e acontecem cinco vezes por semana por até sete semanas, respeitando o ritmo de aprendizagem da criança. O bebê nunca fica sozinho na piscina, há sempre um adulto por perto, caso seja necessário socorrê-lo. O objetivo, entretanto, é estimular o autossalvamento.

Desde que foi publicado, o vídeo já recebeu mais de 2.100 comentários, muitos deles fazendo duras críticas a Keri, que chegou a ser chamada de “louca”, e teve 15 mil compartilhamentos.

Ela e o marido estão determinados a divulgar o método para que outras crianças sejam salvas. Juntos, eles criaram uma fundação, a Live Like Jake, que oferece bolsas em escolas de natação para crianças de famílias que não podem pagar pelo serviço.

Topo