Gestação

Mulher descobre ainda estar grávida após perder bebê em gestação ectópica

Reprodução/Daily Mail
Sadie, o marido, Gary, e a filha, Summer, aguardam o nascimento de Teddy, previsto para novembro imagem: Reprodução/Daily Mail

Do UOL, em São Paulo

A cabeleireira Sadie Brittle, 32, de Staffordshire, na Inglaterra, ficou devastada após ter uma gravidez ectópica (fora do útero) interrompida com oito semanas. Porém, dias depois, ela descobriu que continuava grávida de outro embrião. As informações são do jornal britânico "Daily Mail".

Por conta da gravidez ectópica, Sadie passou por uma cirurgia para retirada de uma das trompas, recebeu transfusões de sangue e tomou antibióticos, ficando cinco dias internada.

Após se recuperar, ela foi passar férias na Espanha e, durante a viagem, sentiu-se mal, notando que sua barriga estava maior do que o normal. Decidiu, então, fazer um teste de gravidez, que deu positivo.

Assustada, Sadie voltou para casa e procurou seu ginecologista. Inicialmente, o médico achou que o mal-estar fosse causado pela permanência de alguns hormônios da gestação em seu organismo, mesmo após a perda do bebê.

Mas, depois de examiná-la, encontrou um segundo embrião saudável, com 19 semanas, desenvolvendo-se normalmente em seu útero.

Ela soube que, na verdade, havia tido uma gravidez heterotópica (quando uma gestação ectópica é associada a outra intrauterina). A condição afeta uma a cada 30 mil mulheres e normalmente está associada ao uso de técnicas de fertilização in vitro para engravidar.

Ela e o marido, Gary, 36, já são pais de Summer e esperam a chegada de Teddy para novembro.

Topo