Gravidez e filhos

Você saberia lidar com enteados?

Ter um relacionamento com alguém que já tem filhos exige paciência, compreensão e autoestima. Você é capaz?

  1. 49

    O amor por uma criança deve ser...

    Thinkstock
  2. 59

    O que é mais difícil ao educar uma criança?

    Thinkstock
  • Thinkstock
    [[pts]] de 54 pontos

    Tem boas intenções

    Boa vontade você tem. E sente (ou é capaz de sentir) amor por uma criança mesmo que não seja sua filha. No entanto, quer tanto que as coisas deem certo -e isso inclui a aceitação da criança- que acaba exagerando. Além de se anular, às vezes, apela, sem perceber, para chantagens emocionais. Tome cuidado e lembre-se: se você não se respeitar, a criança também não vai. Não tenha medo de ser firme, nem de se impor.

  • Thinkstock
    [[pts]] de 54 pontos

    Não está na hora...

    Você, certamente, não deveria se relacionar com alguém que já é tem filhos. Compete o tempo todo com a criança e não tem a mínima paciência para lidar com qualquer imprevisto que aconteça no caminho. Além disso, costuma ter atitudes um tanto egoístas e mesquinhas. Vale a pena repensar esse comportamento, pois quando quiser ter os seus próprios filhos, vai precisar amadurecer. E incluir o altruísmo em sua vida

  • Thinkstock
    [[pts]] de 54 pontos

    Pode assumir esse compromisso

    Segundo a terapeuta familiar Roberta Palermo, a pessoa preparada para se relacionar com alguém que já tem filhos sabe como fazer o bem, não importa a quem. Não espera reconhecimento das crianças e tampouco quer ocupar o papel de pai ou mãe. Tem atitudes maduras, ponderadas, sadias e consegue, com compreensão e disposição, tornar o ambiente familiar feliz.

  • [[pts]] de 54 pontos
Topo