Horóscopo

Céu de março de 2012

Por Barbara Abramo

Março começa sob a vibração suave do Sol em Peixes, que destaca as manifestações culturais brasileiras em todas as suas facetas. Música, cinema e vídeo são algumas dessas manifestações privilegiadas pelo cenário astral do início do mês.

Mercúrio e Urano agitam a cena dos serviços públicos, que prometem desenvolvimentos surpreendentes. Inovações tecnológicas e experiências científicas serão levadas a publico na primeira semana.

Na segunda semana, Vênus, Júpiter e Plutão encontram-se num ângulo positivo e poderoso, excelente para todos que querem ampliar e fortalecer seus negócios no país e querem exportar ou reforçar contratos internacionais com empresas ou governos de fora. Será um momento de muita riqueza criativa também. Os acordos feitos nesta época tendem a prosperar de maneira estável e firme por muitos meses adiante.

Mas neste cenário positivo há dois planetas que irão exigir paciência, clareza e boa vontade de todos para diminuir seus efeitos negativos. Mercúrio em Áries e Marte em Virgem retroagem, um indício de que tudo que for feito sem a devida atenção aos detalhes (ou de maneira mal operacionalizada) tenderá a precisar ser refeito. Podemos assistir um grande problema de funcionamento de meios de comunicação ligados a servidores públicos ou a serviços do governo. Atrasos e problemas burocráticos poderão chegar a um nível crítico na terceira semana. Este período é um dos piores para marcar viagens internacionais, pois os serviços dos aeroportos e das estradas não estarão nada fáceis. Poderemos ter problemas com professores de escolas públicas, que serão resolvidos depois de muito agravo.

Mercúrio retroage de 12 de março a 4 de abril, então teremos bastante tempo para tomar cuidado. Marte permanece retrógrado até 14 de abril, e neste período deve-se evitar a construção de equipamentos arquitetônicos grandiosos. Os automóveis e demais instrumentos e itens da chamada indústria pesada que forem produzidos e montados durante o período da dupla retrogradação tenderão a apresentar defeitos e problemas que resultarão em devoluções por avarias ou acidentes. Por isto, quem quiser troca de carro ou de geladeira, computador ou mesmo importar um item importante para sua empresa montar algo no Brasil, deve fugir especialmente do intervalo entre 12 de fevereiro e 5 de abril.

Todo ano, em março, quando o Sol ingressa em Áries, temos o começo de mais um ano astrológico. No dia 20, o Sol entra em Áries, e o mapa do céu levantado para este momento indica um ano de surpresas e novidades para todo o planeta, mas que para o Brasil não será tão diretamente sentido. Será um ciclo solar regido pela Lua, astro relacionado às variações e marés, ao feminino e ao coletivo, imaginário e sensibilidade. Portanto, será um ano de muitas oscilações para todos. No Brasil, sentiremos mais essa vibração entre maio e junho, e depois de setembro a novembro de 2012.

O novo ano zodiacal promete favorecer os esforços de quem trabalha duro, mas não tem medo de inovar e testar soluções novas e originais. Haverá rupturas importantes no cenário mundial, anunciadas pelo aspecto tenso entre Urano e Plutão. Este não será um ano de vitória para os obedientes e sim para os que ousam criar saídas, pois elas serão enriquecedoras e finalmente se provarão as melhores. Urano e Plutão são planetas ligados a transformações culturais, sociais e econômicas em larga escala. Eles estarão ativos em 2012, trazendo desafios para todos os governos do mundo. O Brasil terá papel de vanguarda se apostar na curiosidade, na inventividade e não tiver medo de se alinhar com o que não reza pela cartilha do esperado. Assim, todos os brasileiros irão se beneficiar de um ano movimentado e repleto de desafios, que testará suas certezas e chacoalhará paradigmas confortáveis.

Por conta da retrogradação de Marte e Mercúrio em março e até abril, as promessas do ano novo zodiacal serão adiadas ou suavizadas em alguma medida. 

Topo