Horóscopo

Céu de março de 2013: Sol entra em Áries e inaugura novo ano astrológico

Barbara Abramo

Do UOL, em São Paulo

Mês agitadinho este março! Na primeira quinzena, muitos planetas em Peixes e a Lua nova --no dia 11-- neste signo de oceanos, águas, música, arte e sentimento trazem paz ou promessa de, e ainda ressalta o charme de nossa ampla costa marítima, a ginga esportiva do brasileiro e a musicalidade que brota de qualquer canto pátrio.

Turismo e mais divisas para o Brasil em março, mas também desditos com tanta água caindo do céu. Mas isto todos esperam. O que confunde mais é Mercúrio, retrógrado em Peixes desde fevereiro último, extraviando contratos, atrapalhando negociações internacionais e promovendo bate-bocas entre representantes do Ministério das Finanças e executivos, empresários e banqueiros. O povo fica no meio, até que o mensageiro dos deuses retome seu movimento direto, em 18 de março.

Netuno e Mercúrio se unem na terceira semana --a mais ‘quente’, astrologicamente falando, dos últimos meses. O encontro de Hermes --Mercúrio--, mago habilidoso das palavras, prestidigitador de fatos e intérprete de deuses, com o deus que reina sobre os terremotos, os cavalos e as águas do oceano infinito --Netuno--  providencia momentos de pura transcendência nas artes do espetáculo, no cinema, fotografia, vídeo e música.

Os shows deste período do mês serão inspiradores. O lado escuro desta força astral faz com que muitos falsos brilhantes surjam com soluções financeiras maquiadas. Contratos serão forjados, muitos pronunciamentos serão feitos para ocultar verdades, ou torná-las mais belas do que são.

No mundo e no Brasil, fofocas e notícias terão suas fronteira dissolvidas, assim como os limites das estradas, com aguaceiros, barrancos, lodo e lama, literal e figurada. E há também as epidemias --não só da mentira deslavada, mas das doenças que nascem do desmazelo. Tudo bem netuniano, bem displicente.

Ali perto da zona das águas coletivas do Peixes, o Sol entra em Áries inaugurando o ano novo astrológico em 20 de março. Saturno, o cobrador de impostos cósmico, será o maestro deste período. E com ele é tudo na base do certo e do errado, sem meio tom. Rigor, disciplina, relevância real. Lucram os que andam no caminho do bem. Mesmo estes terão seu pedaço de amargor, com muito trabalho pela frente.

Saturno transita por Escorpião, signo de envolvimento total, tenso e intenso, capaz de ir no âmago sem fazer força. Assim é que os que ficarem em cima do muro passarão um cortado com Saturno de março de 2013  a março de 2014. Seria preciso escrever muito para explicar o sentido amplo e transformador deste nosso 2013, que começa pra valer sob o tiroteio de Sol, Vênus e Urano no ousado Áries contra o manipulador Plutão, que simboliza os oligopólios e o crime organizado.

Na última semana, perto dos feriados religiosos, a Lua cheia em Libra clama por um pouco de moderação, que virá as custas de rompimentos, surpresas, reviravoltas no Senado, em um serviço público ou em um setor econômico. Tensão de fim de mês que atinge países e cidades --os EUA, por exemplo, e de maneira bem dramática.

Nesta contingência, o Brasil até que não fica mal. Aqui e ali chamuscado por rompantes políticos, exonerações inesperadas, atores políticos dramáticos brandindo ultimatos a seus camaradinhas em Brasília. Sem falar nos apagões --Urano tem a ver com a eletricidade e estará bem ativado na última semana.

E assim transcorre março. E se você acredita em algo, apegue-se à fé, para cultivar a paciência com as trapalhadas que alguns seres humanos fazem quando sentem medo de perder sua boca livre.

Topo