Horóscopo

Céu de março de 2015: Vênus em Touro promete melhorias econômicas mundiais

Getty Images
Céu do Mês de Março de 2015 imagem: Getty Images

Barbara Abramo

Do UOL, em São Paulo

Ponto alto do mês é o trígono entre o expansivo Júpiter e o inovador Urano, que dá o tom enérgico de março. Ele empurra para o alargamento de fronteiras do conhecimento e da tecnologia. Como estes astros estão em signos de fogo, basicamente intuitivos e energéticos, esperamos uma onda de atividade em âmbito mundial, na qual o Brasil pode se inspirar para ampliar relações com países vizinhos. Essas relações nem sempre serão pacíficas, segundo indicam Marte e Saturno, dois astros que também estão em signos de fogo. A Lua cheia em Virgem, no dia 5, acerta em cheio esta configuração, adicionando tons ansiosos ao clima geral.

Temos um forte movimento de astros em signos de fogo por quase todo o mês, impulsionando a tendência atual a conflitos entre grupos e forças políticas e econômicas, algo que tende a se espraiar pelo mundo com alta volatilidade.

Mercúrio entra em Peixes no dia 13, trazendo uma sintonia forte da arte com a espiritualidade. Será um ótimo período para práticas ligadas a todos os tipos de manifestação artística. Nos dias 17 e 18 o encontro entre Mercúrio e Netuno traz a disseminação de ideias, mas também do lado menos bonito deste último astro: fofocas, escândalos, negociatas, epidemias e doenças transmissíveis -- característica geral, que não atinge apenas o Brasil. Sendo o dia 13 uma Lua minguante em Sagitário, começa um dos melhores períodos para repensar sentidos gerais e direcionamentos políticos, religiosos e espirituais.

Saturno em Sagitário segue firme em sua trajetória até o dia 14, quando começa a retrogradar, ficando neste movimento até meados de junho. Neste mês, o astro da responsabilidade e do rigor manterá aspecto forte com pontos delicados do mapa astral do Brasil, denotando fim de ilusões. Saturno em Sagitário constrói uma filosofia prática. Sem isso, nenhum projeto se sustentará --isto vale para o Brasil e para o mundo em geral.

Vênus entra em Touro no dia 17, prometendo melhorar um pouco as condições econômicas mundiais. Especialmente no setor relacionado a Touro, de pecuária e agronegócios, haverá sinais bons entre 23 e 30 de março.

Outro momento de destaque astral em março é o eclipse solar em Peixes, que acontece horas antes do início do ano novo astrológico, que ocorre quando o Sol ingressa em Áries. Assim, marca-se uma configuração celeste até março de 2016. Haverá uma análise especial sobre o ano novo astral para o Brasil. Este eclipse, sendo solar, sinaliza uma crise de direção e uma provável volta atrás a um padrão anterior. Como ocorre em ponto delicado do signo, há risco de más escolhas e problemas marítimos e naufrágios (ao redor do mundo, não somente no Brasil). Para nossa economia não será um bom eclipse. Nas artes, cinema, vídeo e música em especial, pode haver perdas e falecimentos de pessoas importantes da área até algumas horas antes do eclipse exato.

Depois do eclipse solar em Peixes, tem lugar uma seguida de aspectos astrológicos positivos, como bônus depois de uma fase áspera e difícil. Na economia, na política e na pesquisa cientifica, bons prognósticos para metais preciosos, ouro e provável criação de conglomerados de empresas, nas áreas ligadas a comunicação, transportes e finanças.

Topo