Horóscopo

Céu de junho de 2015: entrada de Vênus em Leão traz mais pique ao mês

Barbara Abramo

Do UOL, em São Paulo

Mês de festas juninas, de ótimos aspectos astrológicos, junho pode ser bem mais animado, esperançoso e entusiástico do que maio. A começar pela entrada de Vênus, o astro da arte, da beleza, da sociabilidade e do afeto, no alegre e animado signo de Leão. Essa verdadeira ducha de vitalidade geral começa justamente na semana da Lua cheia em Sagitário --que ocorre no dia 2-- trazendo ainda mais pique, entusiasmo e coragem a todos. Com essa configuração astral, o pique e a esperança dos brasileiros pode aumentar, ou, pelo menos, o clima geral estará mais distendido e movimentado. 

É bom lembrar que a passagem de Vênus por Leão sempre vem acompanhada de novos acordos internacionais, quando o Brasil se beneficia de uma imagem externa melhor e tem mais trunfos e segurança para negociar. Neste sentido, devemos aguardar decisões importantes no campo dos acordos comerciais por volta de 5 a 8 de junho, quando Vênus e Saturno fecham aspecto positivo.

Também o Sol no flexível Gêmeos continua movimentando a cena política, com o concurso de Marte, também nesse signo, até a entrada do inverno. Com a Lua minguante em Peixes, no dia 9, começa uma fase de reflexão e ajustes em relação a nossas riquezas naturais, em especial as relacionadas às águas - novidades sobre a pesca, as fontes e reservatórios de água doce também. 

Como a segunda e a terceira semanas trazem inúmeros aspectos positivos, envolvendo Júpiter, Urano, Sol e Vênus, o clima de descontração continua animando os corações. Contudo, somente em 11 de junho Mercúrio retoma seu movimento direto em Gêmeos: deve-se manter prudência e cautela até lá, com discursos oficiais ou regras bancárias, leis e portarias - tudo pode mudar da água para o vinho após o dia 11. O dia de Santo Antônio (12 de junho) pode trazer alterações inesperadas, e algumas melhores do que se esperava.

Apesar de todo esse clima mais descontraído que vem na esteira de bons acordos e melhoras inesperadas no campo da ciência aplicada, tecnologia, relações internacionais e mudanças nas leis de imigração, a gritaria das oposições ao governo federal continuará firme - a Lua nova em Gêmeos, em 16 de junho, atesta uma concentração de forças nessa direção. Nos dias subsequentes, poderá surgir uma frente, um acordo, algo que promova a união dessas vozes. 

Netuno retrograda em Peixes e Saturno alcança Escorpião neste mês, também em retrogradação. Sinal mais do que claro de que há pendências financeiras a serem resolvidas, elucidadas, também, em órgãos federais, estaduais e municipais. Lembremos que Escorpião é o signo que controla os assuntos relacionados a qualquer governo federal no Brasil. A volta de Saturno a Escorpião representa um período de maior preocupação e limitação das forças no controle federal. Essa passagem de Saturno transcorre até setembro. 

No dia 21 de junho, começa o inverno no hemisfério sul. O Sol entra em Câncer e, no dia de São João, o planeta da garra e da guerra, também. Marte em Câncer promete agitar os setores diretamente ligados à administração pública, bem como todos os servidores públicos. Em termos gerais, seria o momento ideal para todas as instâncias de governo - federal e estaduais - unirem esforços para a melhoria dos serviços públicos nacionais. E, como aponta o simbolismo de Câncer, iniciando pelo apoio e proteção à infância, à mulher, à casa, em termos sanitaristas e higiênicos, também.

Justamente no dia 24 de junho - quando Marte entra em Câncer, a Lua entra na fase crescente, no signo da justiça e da paz, Libra. A partir daí, junto com ótimos aspectos entre Vênus e Urano, brindados pela proteção do astro da justiça, Júpiter, começa uma fase de busca de acordos entre grupos políticos nacionais, e muita coisa que andava travada na política vai desenrolar. Em especial, leis e medidas caras ao governo federal.

No finzinho de junho, Vênus, Júpiter e Urano enfatizam as relações internacionais novamente, prometendo algo muito bom, enquanto Sol e Netuno sintonizam atitudes de generosidade e misericórdia, promovendo um encerramento de mês ótimo para as áreas da música, cinema, vídeo e moda.

Topo