Horóscopo

Céu do mês de abril de 2016: momento para revisões e avaliações

Getty Images
A busca por independência e autonomia será uma constante entre os dias 8 e 12 imagem: Getty Images

Barbara Abramo

Do UOL, em São Paulo

Começamos o mês com uma minguante lunar, símbolo de encerramento de fase e de ciclo, propícia a reavaliações e revisões. Realmente, o astral de abril inspira análises e aperfeiçoamentos. Mercúrio no prático e racional Touro, a partir do dia 3, traz a necessidade de fazer uma boa avaliação antes de passar adiante boatos ou fofocas. Essa conjunção astral também pode trazer novidades sobre a educação pública por volta da segunda semana do mês.

A Lua nova em Áries ocorre no dia 7, simbolizando o momento de máxima concentração de força criadora. Áries é um signo de inícios, de vitalidade e de pioneirismo.O encontro do Sol e da Lua neste signo, original e impulsivo,nos estimula a agir e criar, tanto no aspecto artístico e cultural, quanto na vida pessoal. 

A busca por independência e autonomia será uma constante entre os dias 8 e 12, com Urano trazendo novidades científicas. Esse sentimento também poderá contagiar inúmeras atividades no campo social e cultural. Na política, no entanto, a impulsividade gera mal-entendidos e impasses entre 11 e 13.

Na virada para a segunda quinzena, Mercúrio e Júpiter se entendem no céu, prometendo certa distensão e esperança em todos os campos.As notícias podem ser promissoras no campo da agricultura e da pecuária entre 13 e 17.

Marte começa a retrogradar no dia 17, mantendo um aparente “caminhar para trás” até o dia 29 de junho. Será um longo teste para a indústria, tanto nacional quanto internacional, principalmente para as que lidam com insumos e produtos ligados ao astro: ferro, metais em geral (com exceção dos preciosos) e indústria siderúrgica. Pode ser que tenhamos mais notícias ruins sobre a produção de aço e ferro brasileiros durante esse longo período.

A cheia lunar em 22 acontece em um ponto delicado do mapa astral do Brasil, denotando um momento de clara conscientização sobre erros e acertos da atual administração e do controle das finanças públicas. As expectativas sobre o desempenho administrativo e político da atual gestão deverão diminuir progressivamente a partir daí.

Plutão também retroage no dia 18. A partir daí, revisões de acordos entre multinacionais e governo poderão estender-se por longas semanas.

No dia 19, o Sol entra em Touro, colocando em foco a comunicação e a mídia no país, que exercerão papel preponderante em todos os campos --e de forma mais marcada entre 27 e 30. Com o Sol em Touro, a disposição geral é de valorizar o que foi construído e mostrou-se comprovadamente bom, a construção e o reforço de nossos valores.

Vênus e Urano se encontram em 22, trazendo excitação e novidades no campo da tecnologia. A movimentação na política continua, com alguns lances dramáticos e surpreendentes.

Finalmente, no dia 28, Vênus entra em Touro, ressaltando a arte e a cultura populares, o gosto pelas coisas simples da vida e a valorização de um estilo de vida mais bonito.Começa aí um momento bom para a indústria da moda e da beleza no país e no mundo.

Mercúrio passa a retrogradar no dia 29 e, por algumas semanas, teremos cinco astros movendo-se nesse mesmo sentido no céu, indicando a necessidade de revisões e avaliações urgentes, já anunciadas anteriormente.

Topo