Horóscopo

Signos na crise: como cada nativo lida com suas finanças em tempos difíceis

iStock Images
Em tempo de crise, é preciso cuidado na hora de administrar o dinheiro e os astros podem dizer muito sobre você imagem: iStock Images

Rita Trevisan

Colaboração ao UOL, em São Paulo

Diante da turbulência política e econômica que agita o Brasil nos últimos meses, administrar bem o dinheiro é essencial. E a tarefa pode ficar mais fácil à medida que se conhece os pontos fortes e as vulnerabilidades dos nativos de cada signo. Com a consultoria das astrólogas Aline Camargo, Aline Maccari e Palomah Rodrigues, o UOL te conta um pouco mais como o zodíaco interfere na maneira de lidar com as finanças: 

  • Áries

    Uma de suas características mais fortes é o impulso. Por outro lado, não é dos mais consumistas: em geral, não se sente motivado a deixar o conforto do lar ou a abrir mão de qualquer outro passeio para entrar e sair de lojas. A questão é que, uma vez dentro do shopping, não consegue se segurar. Por isso, em tempos de crise, deve evitar, tanto quanto possível, a tentação. Outra armadilha da qual precisa desviar é a falta de iniciativa para pesquisar e pechinchar preços. O lado bom do ariano é que ele tem energia e espírito de liderança para reverter qualquer problema financeiro. Nos negócios, deve tomar cuidado com decisões muito ousadas, envolvendo grandes riscos.

  • Touro

    Necessita desfrutar dos prazeres materiais para viver bem, se realiza com um prato refinado e uma dose extra de conforto em casa. Ainda assim, sabe o valor das coisas e adora pesquisar boas promoções, visitar brechós e pechinchar. Seus gastos são bastante comedidos e, às vezes, friamente calculados. Em tempos de crise, geralmente o taurino acompanha o noticiário econômico, para fazer bons investimentos, o que minimiza a possibilidade de riscos. Além disso, pode contar com a sua força de trabalho para reverter situações adversas, pois é daqueles que não pensam duas vezes antes de colocar a mão na massa, com o objetivo de garantir estabilidade e segurança.

  • Gêmeos

    A maioria de seus gastos do geminiano é feito em boas livrarias, cursos e tudo o que possa alimentar seu lado intelectual. Afinal, é um curioso de carteirinha e, nos encontros com os amigos, quer falar sem medo sobre tudo. Em momentos de crise, busca ficar ainda mais conectado, o que é bom, para orientar os investimentos e até a maneira de gastar. Outro ponto positivo é que o nativo deste signo é extremamente versátil e pode trabalhar em diversas frentes para levantar recursos. Porém, deve tomar cuidado com a falta de foco. Na ânsia de ser um profissional multitarefa, pode deixar a desejar na qualidade do que faz, perdendo boas oportunidades de crescimento e até colocando em risco o que lhe dá estabilidade. No comércio, tem grandes chances de ganhar um dinheiro extra, que pode ajudar a driblar dificuldades nas finanças.

  • Câncer

    O nativo deste signo tem facilidade para se adaptar às mais diversas situações. Mas, para o canceriano, toda prudência é pouca em tempos de crise. Como se sente provedor e protetor, seus gastos altos sempre recaem sobre os carrinhos do supermercado, pois ele não vive sem a despensa abarrotada. Outro fato interessante é que o nativo de Câncer não gosta muito de alimentos excessivamente processados, prefere uma feira orgânica para alimentar a todos e, assim, pode acabar gastando mais do que deve. Porém, no que diz respeito a todos os outros tipos de despesas, tende a ser mais prudente e comedido. Em tempos de crise, um dos maiores desafios do canceriano é controlar a ansiedade e a preocupação excessiva com o bem-estar da família, colocando o foco na solução. Outro problema que deve ser contornado é a preguiça. Trabalhando um pouco mais, poderá garantir ganhos extras.

  • Leão

    O leonino vai às compras quando necessário e prefere abrir mão de algo a levar um item de qualidade inferior para casa. Não se importa de pagar caro para ter um produto ou serviço que realmente o satisfaça e que tenha boa durabilidade. Presentear também é um dos prazeres do nativo deste signo, um ponto de atenção em tempos de crise, quando todo centavo conta. O lado bom é que o leonino nunca deixa de investir, de forma consciente e bem pensada. Por isso, geralmente constrói patrimônio e tende a ampliá-lo com sagacidade. O risco é ceder a um desejo repentino de consumo mesmo quando as finanças não vão bem. O leonino é do tipo que, se colocar na cabeça que precisa trocar de carro, por um modelo mais bonito e moderno, poderá acabar se endividando por conta disso. Também precisa tomar cuidado com jogos que envolvam prêmios em dinheiro. Para driblar a crise, deve investir em seu maior potencial: a criatividade. Assim, poderá ganhar dinheiro em qualquer época, das formas mais inusitadas.

  • Virgem

    O virginiano busca realidade em tudo, é o rei tabelas de Excel e detesta quando algum gasto sai do seu rigoroso controle. Porém, quando decide comprar alguma coisa, não vai apenas pelo preço: é do tipo que analisa a origem, o impacto ao meio ambiente, entre outras questões. Seus investimentos são feitos de forma criteriosa, buscando o lucro certo. Símbolo de trabalho e dedicação, o nativo desde signo geralmente tem algum trocado guardado, além de facilidade para adquirir trabalho extra, se precisar cobrir as despesas da casa. Em tempos de crise, é ainda mais comedido. O desafio é continuar usando seus melhores contatos para abrir novas oportunidades e colocar-se no lugar dos outros sempre, para estabelecer boas parcerias.

  • Libra

    O libriano é um amante da beleza e da estética. Por conta disso, pode se exceder nos gastos com a aparência de modo geral. Este nativo é aquele que continua passeando pelo shopping, mesmo sem um centavo na carteira. Se for preciso fazer um novo cartão ou pedir um empréstimo, ele não pensará duas vezes antes de fazê-lo, com peso na consciência, é verdade. Outro ponto que exige atenção, ainda mais quando a economia vai mal, é a necessidade de agradar a todos, que pode levar a um gasto elevado com presentes. Por outro lado, as parcerias devem ser consideradas um ponto alto no plano das conquistas financeiras do libriano. Para driblar problemas, deve contar com o dom para o comércio, com a intuição para farejar bons negócios e com a facilidade que tem para abrir novos contatos.

  • Escorpião

    Sair gastando como se não houvesse amanhã não é, definitivamente, uma atitude que combina com o nativo deste signo. Antes de comprar qualquer coisa, ele busca informações em todas as fontes possíveis e não se importa de bater perna atrás do melhor preço. Em tempos de crise, busca sempre a melhor opção de investimento, depois de muita observação e consulta. Mesmo assim, pode passar por grandes dificuldades financeiras, principalmente se não fizer uso de seu senso estratégico e de seu bom faro para os negócios. O lado bom é que o escorpiano tem recursos psicológicos tão poderosos que consegue reverter as situações mais dramáticas e renascer, como se nada houvesse acontecido. Precisa tomar cuidado com negociações ilícitas e com a ousadia exagerada, lembrando que o conhecimento é sempre o caminho mais seguro para obter sucesso.

  • Sagitário

    Gastar com ou sem necessidade é um dos grandes prazeres do nativo deste signo, que é o esbanjador em pessoa. A certeza de que a vida lhe dará em dobro traz uma confiança e um otimismo muitas vezes exacerbados e que merecem atenção. O sagitariano adora torrar dinheiro com viagens, literatura, passeios e cursos. Além disso, não pensa muito antes de investir, está sempre em busca de negócios que prometem altos rendimentos, o que nem sempre rende bons frutos. Outro risco é emprestar ou partilhar com os demais, mesmo em tempos de vacas magras. O ponto forte do sagitariano é o talento intelectual e o carisma, que podem e devem ser utilizados para driblar as dificuldades e para fazer os recursos econômicos se multiplicarem, muitas vezes por caminhos não convencionais. Com uma dose de estratégia, podem até se tornar beneficiários da crise.

  • Capricórnio

    O capricorniano é ambicioso, tem ideias inovadoras e sabe bem onde coloca o rico dinheirinho que ganha com tanto esforço. Gasta com prudência, pois é extremamente lúcido, tem um ótimo senso de realidade. Coloca a mão no bolso apenas quando realmente enxerga uma boa oportunidade, ou para atender a uma necessidade. Quando precisa economizar, fecha as torneiras sem dó nem piedade. Adora investir, acompanha o mercado e evita riscos. Por isso, em época de crise, pode tirar de suas aplicações o extra que precisa para manter o mesmo padrão de vida. É um trabalhador convicto, almeja melhorar sempre por competência e mérito próprio. Seu desafio é justamente controlar a ansiedade, entendendo que a maré ruim logo irá passar e que tem capacidade para manter o barco sob controle durante a tempestade.

  • Aquário

    O aquariano não tem de medo de gastar, desde que realmente entenda que uma determinada compra é necessária. Geralmente, não liga para roupas ou grifes, mas adora torrar dinheiro com eletrônicos, principalmente se a marca garantir uma alta durabilidade. Também gosta de viajar e de comprar livros. O aquariano não é necessariamente irresponsável, mas pode gastar mais tempo pensando na guerra da Síria e na crise dos refugiados do que elaborando estratégias para lidar com as próprias dificuldades financeiras. O que é, evidentemente, uma vulnerabilidade, ainda mais quando o problema se agrava. Além disso, pode gastar sem se dar conta, perder dinheiro ou emprestar e esquecer de pedir de volta. O maior desafio é continuar usando a intuição para ganhar dinheiro mas, ao mesmo tempo, mantendo os dois pés bem fincados no chão.

  • Peixes

    O dinheiro está longe de ser a maior preocupação do nativo deste signo, que muitas vezes não sabe nem quanto dinheiro carrega no bolso, quem dirá na conta! E esse é o seu principal ponto de atenção. Por outro lado, o pisciano não liga muito para grifes e marcas, quer estar confortável e pode até inventar o seu próprio estilo. Geralmente, seus gastos são pautados pelas necessidades emocionais. De forma que pode viver uma vida sem luxo, bem simples e, de repente, fazer gastos exorbitantes em nome da felicidade de um filho ou de um grande amigo. Um pisciano carente pode abrir as portas da sua casa a interesseiros, fazer empréstimos sem data de devolução ou mesmo assinar documentos sem ver, totalmente tomado pelo coração. Por isso mesmo, pode ser uma presa fácil em tempos de instabilidade. Na hora de investir, geralmente está atento às oscilações do mercado, consegue prever e evitar riscos, o que é um ponto positivo.

Topo