Horóscopo

Conheça a influência da localização da Lua em cada signo no mapa astral

iStock Images
A localização da Lua no mapa astral revela características emocionais do indivíduo imagem: iStock Images

Mayara Neves

Colaboração ao UOL, em São Paulo

Quando se fala em signos, fala-se, na verdade, na posição em que o Sol se encontra durante o nascimento da pessoa. É a estrela que define se a pessoa será de Câncer ou de Leão, por exemplo. Mas a Lua também tem grande influência no perfil de cada um, sendo ela responsável pelas características sentimentais.
          
Mudanças de humor e de atitudes, assim como o movimento das marés, são simbolizados pelas fases da Lua. O local em que ela está no mapa astral tem reação emocional imediata. Segundo Romulo Souza, astrólogo e astroterapeuta, o astro, muitas vezes, revela o que a pessoa sente sobre si mesma. “No mapa da mulher, ela mostra, entre outras coisas, o tipo de mãe que ela é ou será”, diz o especialista.
        
Romulo diz ainda que a Lua representa os comportamentos automáticos do inconsciente, que são moldados ainda na infância, que é quando se precisa de proteção e temos as primeiras experiências. “Ela é a alma do mapa natal, símbolo da forma de cada personalidade, indicando o signo que a pessoa ocupa e a imagem da persona”, completa. Conheça a influência da localização da Lua em cada signo no mapa astral:

  • Lua em Áries

    Independência, espontaneidade e decisão emocional impulsiva. Quem tem a Lua em Áries enfrenta a vida com coragem, lançando-se às experiências de peito aberto. Gosta de coisas novas e pode se empolgar e se desinteressar com a mesma rapidez. Sente-se seguro e satisfeito em situações que o deixem no comando, em que possa ter liberdade de ação e poder de decisão. Às vezes, pode reagir com impaciência, agressividade e intolerância quando suas necessidades não são atendidas. Tem uma tendência dominadora.

  • Lua em Touro

    Ele quer sempre coisas agradáveis e precisa ser estimulado a agir ou pode acabar se acomodando. Como exige pouco de si e dos outros, tende a agradar todo mundo. A Lua em Touro tem necessidade de estabilidade, segurança material, conforto e gratificação física. É muito sensível aos prazeres da vida, ao contato físico, ao afago e ao afeto, e acredita que pode alcançar tudo pelo acúmulo de energia, bens, posses e valores materiais. Possui reações emocionais lentas, mas que podem ficar sendo remoídas por um longo período. Apesar de gostar de coisas luxuosas, preza pela simplicidade das relações.

  • Lua em Gêmeos

    Perfil curioso, adaptável às circunstâncias e superficial. Tem interesse em novidades, viagens, estudos, conversas e em estabelecer contatos e conhecer mais sobre as coisas. Possui senso de humor e pode ter uma tendência a racionalizar as emoções. Sente-se seguro se puder explicar seus sentimentos e satisfeito em situações em que pode ver, ouvir, circular e trocar ideias. Quem tem a Lua em Gêmeos tem humor variável, emoções instáveis e adora fazer comentários excessivos. Sente-se desconfortável em situações de demonstração física ou afetiva, de isolamento ou de silêncio. Reage mal à possessividade ou ao descontrole emocional alheio.

  • Lua em Câncer

    Ela cria um perfil de querer proteger e ser protegido. A pessoa é sensível ao ambiente, sociável e materializa os relacionamentos ou a expectativa de ser cuidada. Precisa estar em intimidade, se sentir pertencente ou pertencida, envolvida, atendida, necessária e querida. Tem muita sensibilidade para os sentimentos alheios e talento para ser protetora, cuidando, nutrindo e ajudando outras pessoas. Sente-se carente e desamparada em ambientes desconhecidos e frios e reage mal à tensão e a fatos novos. Intuição, ressentimentos e rancor são três elementos de sua personalidade. Tem dificuldade em romper relacionamentos, até aqueles que já acabaram.

  • Lua em Leão

    Torna a pessoa expansiva, entusiasta e sociável, e que não gosta nada de ficar sozinha. Prazeres, luxo, joias e grandezas são suas paixões. Gosta de ser o centro das atenções e é muito orgulhosa e vaidosa. Sente-se satisfeita em situações em que possa aparecer, exercer seu poder de sedução e criatividade, ser homenageada, admirada, respeitada e elogiada por seus dotes e talentos. Sente-se segura em provocar emoções fortes, exalar generosidade, nobreza, grandiosidade, em expressar quem realmente é e em receber aplausos.

  • Lua em Virgem

    Tem medo de ser criticado, apesar de ter um senso crítico apurado e desenvolvido. Ordem, limpeza, higiene, restrições e dietas são palavras sempre presentes em seu vocabulário. É detalhista, perfeccionista e se preocupa em excesso com pequenos aspectos. Sente-se seguro quando tudo está em ordem, com cada coisa no seu lugar e dentro de uma programação maior. Valoriza hábitos e padrões repetitivos e fica desconfortável com ociosidade, improvisos, informalidade, imprevisibilidade e desordem física, material, mental ou emocional.

  • Lua em Libra

    Quem tem a Lua em Libra é cortês e tem um olhar refinado que atrai as outras pessoas. Simpatia e sedução são duas fortes características, além de amabilidade e boa aparência naturais. É diplomático, elegante, sutil, democrático, liberal, ponderado e tem espírito conciliador e muita clareza nas suas ideias e opiniões. Sente-se seguro e satisfeito se estiver em situações de parceria, relação interpessoal ou interação com público. Valoriza a beleza, a harmonia, a justiça e o equilíbrio estético nas coisas e nas relações. Tem vida social ativa, busca a união e tende a fazer concessões para manter a harmonia das relações.

  • Lua em Escorpião

    Ele é reservado e fechado. É difícil de ser enganado, porque é sempre desconfiado. Tem necessidade de estar no controle e de se sentir forte, resistente, autossuficiente e significante em qualquer situação. Precisa ir fundo em tudo que faz e viver de modo profundo e intenso. Para ele, é tudo ou nada. Para tanto, sabe influenciar, seduzir, persuadir e exercer poder sobre as pessoas. Tem muita habilidade para lidar com os recursos alheios e coragem para enfrentar situações difíceis e críticas, onde possa renovar, reformar, restaurar, reconstruir, regenerar e transformar.

  • Lua em Sagitário

    Amor à liberdade, amigos e espírito alegre, aventureiro, esportista e generoso são as características. Uma pessoa comunicativa, sociável e com uma franqueza que pode até ser grosseira. Sente-se segura e satisfeita quando estimulada por alguma busca, seja de conhecimento, de saber teórico ou do sentido da vida. Gosta de sentir que sabe de tudo, de ter sua opinião respeitada e de se sentir triunfante e nobre. Lida muito mal com problemas e se entedia com facilidade. Reage às pressões emocionais com impaciência, irritabilidade e arrogância, tendendo à inconsciência e à alienação. É otimista e precisa tomar cuidado com excessos e imprudência.

  • Lua em Capricórnio

    Prática, metódica, autoritária e eficiente, assim é a pessoa com a Lua em Capricórnio. Ela fica amargurada quando falha em seus objetivos e sabe muito bem onde pisa. Busca controlar o seu desenvolvimento, administrar seu progresso, fazer as coisas acontecerem e galgar metas ambiciosas. Para tal, é conservadora, disciplinada, pragmática e assume seus compromissos com responsabilidade. Fica desconfortável em situações íntimas, instáveis, informais ou em que se sinta exposta a pessoas ou circunstâncias improvisadas, arriscadas ou negligentes.

  • Lua em Aquário

    Influencia um perfil inovador, criativo e desestimulado com a rotina. A pessoa é independente, livre, individualista, rebelde e, às vezes, perversa. Faz rompimentos constantes na vida, seja de relações, vínculos ou compromissos. Sente-se segura e satisfeita em situações em que tem liberdade de pensamento e expressão, independência, espaço e autonomia, preservando-se emocionalmente. Pode cansar os outros com suas constantes distrações. Excentricidade e imprevisibilidade a descrevem muito bem.

  • Lua em Peixes

    Uma pessoa emotiva, intuitiva e com sensibilidade psíquica e artística. Tem complexo de mártir, pouca energia e vontade e é acomodada. Tem muita percepção dos outros e dos ambientes, mas, como sente e pressente tudo, se emociona excessivamente com tudo também. Sente-se segura e satisfeita em situações que exijam inspiração e disposição para sonhar e usar a imaginação ativa e criativa, expressando seu senso estético tanto para a vida quanto para as artes. Deve aprender a se preservar e a discriminar os contextos e pessoas para não se sentir vítima das circunstâncias.

Topo