Horóscopo

Análise: dia 21 marca uma transição que não acontece do dia para a noite

Marcelo Dalla/UOL
Sol está em harmonia com Netuno, indicando expansão espiritual e conexão com o superior imagem: Marcelo Dalla/UOL

Marcelo Dalla

Do UOL, em São Paulo

Há meses estava para escrever sobre o céu desta sexta (21). Tenho aprendido muito sobre o que acontece planetariamente, recebo informações de diversas fontes, inclusive de mestres espirituais, e seria egoísmo de minha parte não partilhar esse conhecimento.

No horário de Brasília, o ingresso do Sol em Capricórnio se deu às 9h11 desta sexta. E, segundo o que tenho lido e pesquisado, completamos hoje um ciclo de 26 mil anos, quando a precessão dos equinócios retorna a um ponto alinhado com o centro da galáxia.

Portanto, estamos em plena transição da Era de Peixes para a Era de Aquário e, ao que tudo indica, nos próximos dias teremos um marco no calendário. Muitos falam em fim do mundo, esperam catástrofes, mas não há motivo para pânico de forma alguma. Histeria é coisa de quem vive no medo e na ignorância. Estamos sim, começando algo completamente novo, novas energias chegam à Terra.

Com as novas energias que chegam, fica cada vez mais difícil, sim, para quem não busca expandir sua consciência, amor e espiritualidade. Vivemos o resgate do sagrado feminino e da conexão com o coração.

As máscaras caem, o egoísmo não tem mais vez e a humanidade deverá dar um grande salto, para aprender a viver em colaboração e não mais em competição. Esse é o grande ideal de Aquário, afinal, somos todos um. Mas é bom lembrar que vivemos uma transição e tudo isso não acontece da noite para o dia.

Céu do dia 21
O principal aspecto no céu é o triângulo fechado, formado por Júpiter, Saturno e Plutão, conhecido como YOD ou "Dedo de Deus". Trata-se de dois ângulos de 150 graus que Saturno e Plutão formam com Júpiter. O recado me parece óbvio: esses dois planetas apontam para Júpiter, que simboliza a liberdade, a expansão, a confiança e a fé. É a nossa busca por sabedoria.

Saturno e Plutão estão poderosos e harmônicos, em recepção mútua --cada um no signo do outro. Seguirão, assim, por boa parte de 2013, indicando um período em que medidas eficientes, pragmáticas, comprometidas e bem estruturadas estão favorecidas. É tempo de recuperação em todos os sentidos, para quem se propuser a cultivar disciplina e responsabilidade.

Mas vejam: Júpiter está retrógrado e o aspecto de 150 graus não é harmônico. Para refletirmos: em que áreas de nossas vidas somos irresponsáveis, preguiçosos, pecamos por excessos, desperdícios e exageros? Até que ponto somos imaturos e imediatistas? Outras questões importantes: estamos abertos para aprender ou adotamos posturas rígidas e dogmáticas? Sabemos que a verdade muda, que a realidade do outro é diferente? Conseguimos respeitar outras culturas e religiões? Ou buscamos impor nossa verdade, apenas para afirmar o ego?

O Sol está em harmonia com Netuno, mais um indicativo de expansão espiritual, de conexão com as dimensões superiores. Podemos aliar nossos sonhos com uma realidade mais prática e objetiva. Razão e intuição seguem alinhadas. Vênus está em harmonia com Urano, e as novidades em geral ficam beneficiadas. Sem dúvidas, vivemos um período de muitas libertações.

Poderia falar mais sobre o céu desta sexta, mas  pretendo ser sucinto. É importante lembrar que esta é apenas uma análise dos planetas.

O centro da galáxia está localizado entre os graus 27 e 29 de Sagitário. O solstício ocorre a 0 graus de Capricórnio, ou seja, o tão falado alinhamento não é tão exato assim. Não dá para prever o que pode acontecer. Tudo vai depender do grau de exatidão que as energias chegarão aqui na Terra. Já ouvi falar sobre os satélites pifarem e até ficarmos sem luz elétrica.

Tenho lido por aí que a Terra estará alinhada com Alcyone, que fica no centro da galáxia. Isso não é verdade. A estrela Alcyone fica nos primeiros graus de Gêmeos e o centro da galáxia está no final do signo de Sagitário. Aliás, tenho lido muita besteira por aí. Os planetas também não estarão alinhados. Tenho visto as pessoas partilhando ilustrações com os planetas alinhados, isso não procede.

Previsões catastróficas à parte, é importante pegar leve nesta sexta-feira. Relaxar, meditar, evitar viagens e grandes deslocamentos nesse dia. Estamos todos mexidos por essas conjunções planetárias e galáticas e os mestres dizem que nossos chacras se expandirão.

O mais importante: em meio a loucuras, possíveis histerias e pânicos coletivos, vamos lembrar que tudo segue um plano divino, que está tudo bem. Sejamos pilares e mestres neste momento.

Topo