Horóscopo

"Astroterapia" promete acelerar solução de problemas emocionais

Getty Images/iStockphoto
O método alia conhecimentos astrológicos e psicológicos para ajudar a transformar a personalidade imagem: Getty Images/iStockphoto

Christina de Queiroz

Do UOL, em São Paulo

Você já ouviu falar em "astroterapia"? Método de cura e desenvolvimento pessoal, a técnica alia conhecimentos astrológicos e psicológicos como caminho para transformação da personalidade e da autorrealização.

Embora não seja uma prática reconhecida pelos Conselhos Regionais de Psicologia das cidades brasileiras, psicólogos garantem que, ao incorporar métodos da astrologia ao seu trabalho, eles conseguem desvendar a essência dos pacientes de forma mais rápida e precisa, encurtando o caminho rumo à solução de problemas psíquicos e emocionais.

Com 40 anos de experiência no campo da astroterapia, a psicóloga e astróloga Elizabeth Friedrich lembra que Carl Gustav Jung (1875-1961) foi um psicólogo que, em muitos casos, aprimorava seus diagnósticos por meio das informações contidas nos mapas astrais dos pacientes. "Jung dizia que, com a astrologia, sabemos mais sobre psicologia”, afirma. 

Vantagens da astroterapia

Psicóloga desde 2007, Julia Grazielle do Prado passou a utilizar conhecimentos astrológicos com seus pacientes a partir de 2009, depois que ela própria foi atendida por um astroterapeuta. "A astroterapia não é reconhecida cientificamente. Mas a terapia tradicional é mais pesada e, às vezes, os pacientes têm dificuldades em se abrir para falar de problemas sérios. Com o uso da astrologia, é mais fácil chegar ao inconsciente", diz.

A psicóloga Elizabeth afirma que, por meio do mapa astral, é possível conhecer com mais detalhes o temperamento do paciente, algo que na terapia tradicional pode ocorrer de forma lenta. "Elementos relativos ao temperamento não podem ser mudados, somente administrados. A astroterapia também sinaliza os aspectos internos que o paciente deve passar a respeitar", diz.

Para a psicóloga e astróloga Nídia Alves dos Santos Souza, o método permite ter conhecimento prévio dos problemas que o cliente enfrenta, mesmo antes de ele mencioná-los na sessão terapêutica.

"O psicólogo precisa esperar o paciente falar sobre determinados dados, enquanto o astroterapeuta começa a trabalhar já tendo em mãos algumas características do indivíduo", diz. No entanto, Nídia afirma que, para tratar das informações levantadas no mapa astral, é preciso esperar o momento certo.  

Como funciona

A psicóloga Nídia esclarece que, diferentemente da vertente mais popular da astrologia, que prevê acontecimentos, na astroterapia estão em jogo as energias que se movimentam na vida da pessoa no presente. "Os astroterapeutas realizam uma análise da composição do céu no momento em que a pessoa nasceu e relacionam esses dados às suas atitudes atuais e problemas que enfrenta", diz.

Numerologia: descubra qual é o número do seu Ano Pessoal em 2014

  • Arte/UOL

    Clique na imagem para ver o infográfico. Conteúdo não disponível para dispositivos móveis

Na mesma linha de Nídia, a terapeuta comportamental e astróloga Maria Celia Saravia afirma que utiliza os conhecimentos astrológicos para entender o momento presente do paciente, e não para fazer previsões.

"Uso o mapa astral como instrumento para me aproximar da essência das pessoas", diz. Nos seus mais de 20 anos de atuação, Maria Celia diz que a maioria dos seus clientes a procura por desejarem passar por um tratamento psicológico não tradicional.

A terapeuta Suindara Ribeiro acredita que a astrologia é fundamental também para o sucesso do tratamento relacionado à orientação vocacional, pois com a leitura do mapa astral é possível identificar as profissões mais adequadas para cada um.

De acordo com Elizabeth, o valor de cada sessão de astroterapia gira em torno dos R$ 400.

Para saber mais

O astrólogo francês Dane Rudhyar foi o primeiro a incorporar conceitos da psicologia junguiana na astrologia, em meados de 1930. Alguns dos seus livros mais famosos são: "Astrologia da Personalidade" e "A Astrologia da Transformação".

Considerado seu sucessor, o norte-americano Glenn Perry é autor do livro: "An Introduction to AstroPsychology: A Synthesis of Modern Astrology & Depth Psychology", disponível somente em inglês. 

Topo