Horóscopo

Conheça os signos mais encrenqueiros do zodíaco e aprenda a lidar com eles

Getty Images
Nativos dos signos regidos pelo elemento fogo, arianos, leoninos e sagitarianos são encrenqueiros por natureza imagem: Getty Images

Por Louise Vernier e Rita Trevisan

Do UOL, em São Paulo

Todos os signos têm seus pontos sensíveis; e mesmo os mais equilibrados emocionalmente podem perder a compostura ao se sentirem ameaçados. No entanto, alguns estão mais propensos à briga, por conta das características que compõem sua personalidade. Os nativos dos signos regidos pelo fogo, caso de Áries, Leão e Sagitário, são, sem dúvida alguma, os mais encrenqueiros. “Eles estão vulneráveis às situações de conflito por conta do excesso de energia agressiva que acumulam”, explica a astróloga Titi Vidal.

Essa energia precisa ser canalizada para que os nativos não se tornem pessoas difíceis de conviver. Praticar esportes, por exemplo, é algo que ajuda a manter o equilíbrio. Caso contrário, podem facilmente perder o controle, até mesmo durante uma briga boba. “É comum que as características conflitantes desses signos solares sejam estimuladas quando os nativos são provocados ou contestados”, explica o astrólogo Eros Kamadeva.

Se você conhece alguém com esta personalidade, é ideal não bater de frente, principalmente quando estão nervosos. Considere que, alguns minutos depois de armar o maior barraco, arianos, leoninos e sagitarianos geralmente caem em si e acabam até se arrependendo dos excessos cometidos. E esse é o melhor momento para conversar com eles, quando os ânimos já não estão mais exaltados. De cabeça fria, eles são capazes de voltar atrás em relação ao que disseram e fizeram, com a maior facilidade do mundo.

Os arianos, em especial, são bastante impulsivos e agem sem pensar. Então, tente não levar a sério o que eles dizem durante uma discussão. Ignorá-los e retomar a conversa mais tarde será muito mais proveitoso. Com os leoninos, todo cuidado é pouco no momento de tecer críticas. “Eles podem direcionar a energia agressiva acumulada para a superproteção e o narcisismo, o que pode ser insuportável para quem convive com eles”, declara Kamadeva. Uma dica é elogiá-los antes de apontar algo de errado na conduta ou no trabalho. “Na hora da discussão, você pode até mesmo concordar com eles e deixar para aparar as arestas quando ambos estiverem mais calmos”, diz Titi.

Sagitarianos, por sua vez, têm fôlego para discussão e muitas vezes entram em embates apenas para quebrar a rotina; são capazes de discutir por horas assuntos banais, tentando provar que são os donos da razão. Além disso, falam sem pensar e sem esperar o momento certo, sendo diretos e objetivos demais. Portanto, a melhor estratégia para lidar com eles é ouvir o que têm a dizer, se possível, sem revidar. Considere que os sagitarianos, na maior parte das vezes, querem apenas ajudar, imaginando que podem fazer o outro seguir pelo caminho que, na visão deles, é o melhor. “Se a pessoa levar os comentários numa boa, vai perceber que os sagitarianos são bem intencionados e generosos”, afirma Titi.

Durões e inflexíveis
Os signos regidos pelo elemento terra --touro, virgem e capricórnio-- podem até ponderar mais antes de se envolver em uma briga mas, uma vez no embate, dificilmente darão o braço a torcer. Por isso, quem convive com seus nativos e não quer encrenca deve ouvir com seriedade o que eles dizem. E, mesmo não concordando com todos os pontos, o ideal é deixar para discutir apenas o que é realmente importante, evitando entrar em conflito por temas fúteis.

Os taurinos tendem, inclusive, a exigir dos outros algo que eles mesmos não fazem e poderão se tornar inflexíveis, arrastando uma discussão. “Os taurinos podem perturbar com seu exibicionismo, dizendo passionalmente ‘façam o que eu digo, mas não façam o que eu faço’”, declara Kamadeva.

Já os virginianos podem irritar por serem perfeccionistas e críticos demais, criando situações propícias a desentendimentos. Mas dê um desconto, afinal, quando apontam falhas das pessoas que querem bem, o desejo dos virginianos não é simplesmente mostrar que são superiores, mas, principalmente, inspirar nas pessoas o desejo de crescerem e se desenvolverem.

Os capricornianos, muito exigentes, precisam se sentir respeitados ou arrumarão encrenca fácil. Dificilmente você conseguirá convencê-los de que a sua opinião é a mais acertada; por isso, pondere se vale mesmo a pena defendê-la ou se é possível encontrar um ponto de convergência entre a sua perspectiva e a do capricorniano com quem está debatendo. Essa estratégia é, em geral, mais eficiente e provoca menos desgaste na relação.

Sensíveis demais
À distância, os signos que se agrupam sob o elemento água --caso de câncer, escorpião e peixes-- podem parecer quietos e equilibrados. Mas, se forem atacados em seus pontos sensíveis, podem se mobilizar com palavras ferozes e argumentos nem sempre contundentes, quem estiver pela frente.

Os cancerianos podem ser mandões e até fazer chantagem em nome da segurança e do cuidado, mesmo e com aqueles que amam. Qualquer ameaça à estabilidade familiar, por exemplo, será suficiente para criarem encrenca. E uma dica: durante uma discussão, meça as palavras, já que eles são bastante sensíveis e podem se ferir com críticas que seriam ignoradas pelos nativos de outros signos.

Os escorpianos, por sua vez, passam a agir impulsivamente e até de maneira agressiva ao perceberem que estão perdendo o controle ou ao verem uma injustiça. E ir de encontro às ideias deles, especialmente quando estão em uma discussão inflamada, é arrumar um forte oponente, que dificilmente esquecerá a ofensa, mesmo anos após o ocorrido.

Os piscianos também costumam guardar rancor. E podem se mostrar intolerantes com aqueles que argumentam contra as suas utopias, já que os piscianos são, por definição, sonhadores. “Faça isso e o pisciano ficará ‘de mal’ de você e não voltará às boas até que você peça sinceras e profundas desculpas”, diz Kamadeva.

Questionadores ao extremo
Os nativos dos signos regidos pelo elemento ar --gêmeos, libra e aquário-- não podem ser considerados encrenqueiros por natureza. Na realidade, são questionadores, o que também exige certa dose de tato. “Cada signo solar possui um comportamento, uma atitude geral diante da vida. E a forma como expressam e manifestam seus desejos poderá criar situações desagradáveis em certas ocasiões, principalmente se seus interesses forem contrariados”, explica Henrique Wiederspahn, professor de astrologia.

Na maior parte das vezes, os geminianos incomodam querendo saber o porquê de tudo e podem dar palpites fora de hora, criando confusão. Por isso, relevar aquilo que dizem e ter sempre um bom argumento na manga são ótimas estratégias, já que com eles tudo se resolve na conversa.

Com os aquarianos, a tática deve ser oposta: vale mais a pena sair de cena quando criam situações propícias a uma discussão acalorada. Afinal, um dos prazeres dos nativos desse signo é contrariar os outros. “O importante para os aquarianos é ser ‘do contra’, mesmo que interiormente estejam concordando com alguém”, afirma Wiederspahn. O interessante é que, quando a polêmica pega fogo, os aquarianos pulam fora, para assistir o conflito de camarote. Por isso, se quiser se preservar, desista da discussão antes mesmo de chegar a um consenso. E retome a conversa depois, quando o aquariano em questão estiver mais tranquilo.

Os librianos, por fim, são o signo da paz e agem como verdadeiros diplomatas. Podem até ser um pouco hipócritas, para manter a boa aparência e os relacionamentos mas, se não quiser despertar a ira deles, não aponte esse ponto fraco na personalidade do libriano com que convive. Aproveite para se divertir ao lado dele, já que librianos são especialistas em fazer amigos e cultivar as boas relações que já têm.

Topo