UOL Estilo UOL Estilo
12/06/2008 - 07h00

Aprenda a decifrar os trajes exigidos em convites para festas e acerte no "dress code"

AFP

Sem gravata, Paul Smith sugere um costume que poderia ser usado como traje passeio

Sem gravata, Paul Smith sugere um costume que poderia ser usado como traje passeio

Mas o que, afinal, quer dizer "passeio completo"?

Nessa coluna vamos responder às perguntas de Ana Paula, Gabriela, Tatiana, Sonali de Fátima, Paula Amaro, Regina, Natalia, Silvia Maria, Solange A.S. de Paula, Keziah, Mariana Denis, Ângela, Maíra, Luiz Benetti, Márcia Pimenta, Vera, Andreza, Edirco Martins, Sandra do Valle, Andrea M.B. Trabulsi, Pamela Grana e Denise.

"Passeio informal", "esporte fino", "fashion chic"... O que quer dizer tudo isso?

As roupas do cotidiano dão trabalho para serem organizadas, mas no dia-a-dia um erro não compromete tanto. O problema é quando você recebe um convite para uma festa que diz "traje passeio completo" e não tem idéia do que isso quer dizer. O longo nesse caso é obrigatório? E o terno? Deve ser claro ou escuro?

Algumas considerações

Se você recebeu um convite que traz a indicação de como deve se vestir, a primeira coisa a fazer é não ficar irritado. Quando se estabelece um padrão, a idéia é justamente garantir que todos se sintam bem e estejam adequados à ocasião. Quando vamos a uma festa, temos a intenção de homenagear quem nos convidou. Por isso é simpático e educado tentar cumprir com o código, da melhor maneira possível, sem mau humor.

Se, por acaso, você estiver algum dia totalmente fora do código, avalie a situação. Em um ambiente de trabalho, por exemplo, no qual pode comprometer sua imagem, cumprimente o anfitrião, faça meia-volta e saia de fininho. Se for uma ocasião de festa de amigos ou de gente que conhece você, relaxe e aproveite o evento. Roupa não é tudo nesta vida.

Agora vamos ao que interessa...

Traje esporte

A mais simples das especificações. Vale vestido ou calça comprida e camisa, tudo mais à vontade. Saia e blusa, um tricô, ou mesmo um jeans bacana. Não precisa usar salto alto, mas se você quiser, tudo bem - se a festa for no campo, evite.

Para os homens não é necessário o uso de gravata ou paletó. Mas, lembre-se: se a festa tem indicação de traje é porque alguma formalidade existe, então calças de sarja ou gabardine com camisa ou pólo, ficam bem. Os sapatos são mais indicados nesse caso. Os tênis adquiriram um status de moda, mas ainda não podem entrar em todos os lugares. Para prevenir inconvenientes, evite-os.

Traje passeio, passeio informal, tenue de ville, esporte fino

É tudo a mesma coisa. Segundo Costanza Pascolato, no seu livro "O Essencial", é "uma roupa mais caprichada". Para as mulheres, vestidos mais elegantes e tailleur. À noite, o pretinho básico é ótimo. As pantalonas leves e sofisticadas têm o seu lugar, assim como os ternos femininos. Os sapatos têm saltos altos e as bolsas vão de média (dia) para pequenas (noite). Olha a dica da chiquérrima Gloria Kalil: "Prefira os tecidos mais secos: sedas, microfibras, linhos, algodões e jérseis. Nada muito brilhante nos acessórios, nem maquiagem carregada". Muito bom.

Homens não precisam de terno, podendo usar blazer com calça mais esportiva. Se usar terno, coloque gravata. Ainda segundo Gloria Kalil, se no convite vier tenue de ville, é aconselhável o uso de terno com gravata, seja noite ou dia.

Passeio completo, passeio formal, traje social, social completo

A gente pode perceber pelos nomes que a coisa está ficando séria. Para os senhores, a ocasião exige terno completo com gravata. Para a noite, sugerem-se as cores escuras, e para o dia, tonalidades mais claras. Evite gravatas berrantes - sempre. As senhoras usam vestidos ou tailleurs mais chiques, de tecidos nobres como crepes, sedas, veludos e bordados. As bolsas são pequenas, os saltos são altos e as meias, imprescindíveis. Cabelos, unhas e maquiagem devem estar impecáveis, sendo que as pérolas são superadequadas para a situação.

Black-tie, rigor, habillé, tênue de soirée

Para os cavalheiros, smoking. Gravata borboleta preta, como o nome indica. Para as damas, vestidos longos ou curtos, sempre sofisticados. Com brilhos e transparências, é o momento do glamour, onde decotes podem ser mais ousados, assim como as fendas. É hora de arrasar, mas com bom gosto. Como agasalho, pode-se usar xales ou estolas do mesmo tecido do vestido. Evite pele, não é moderno. As jóias podem ser de família ou emprestadas, e as bolsas devem ser pequeninas.

Gala

Casaca para os cavalheiros e vestido longo para as damas. Não use conjuntos.

Pergunte!

Um conselho precioso de Claudia Matarazzo: Na dúvida, pergunte qual traje deve ser usado em cada situação, não tenha vergonha. Agora, "fashion chic" é invenção, gracinha. Fashion quer dizer na moda, chic é chique, né? Então é para ser arrumado, sem ser careta, com liberdade.

Divirta-se!

Fontes: "O Essencial", de Constanza Pascolato, "Chic - Um Guia Básico de Moda e Estilo", de Gloria Kalil e "Visual, uma Questão Pessoal: Um Guia de Moda e Estilo para a Mulher Elegante", de Claudia Matarazzo.

Para animar a festa, colaborou nessa coluna, Marina Pappalardo. Pesquisa adicional a cargo de Emily Anne Stephano

Mariana Rocha é consultora de moda, formada e pós-graduada pela Faculdade Santa Marcelina, onde é professora e pesquisadora de moda

Hospedagem: UOL Host