UOL Estilo UOL Estilo
20/11/2008 - 18h03

Descubra truques para disfarçar barriguinha proeminente e quadril largo

Alexandre Schneider/UOL

Short larguinho com blusa solta, como estes da Melca Janebro, são boa opção para esconder a barriga

Short larguinho com blusa solta, como estes da Melca Janebro, são boa opção para esconder a barriga

É comum a mulher se sentir meio fora de forma. Pode ser um pouco de neura, ou vai ver que ela andou comendo um pouco a mais, já que comer é mesmo uma delícia. Às vezes o problema é localizado em uma ou outra parte do corpo. É neste momento que as roupas podem dar uma forcinha, disfarçando um pneuzinho a mais, ou uma certa desproporção que incomoda. Para não acentuar este desequilíbrio e amenizar as formas mais cheinhas, esta coluna vai se dedicar a dois problemas enfrentados por muitas mulheres: a barriga mais proeminente ou o quadril mais largo.

Barriga

Para quem tem ou está com a barriga meio fora de forma o jeito é sempre escolher uma peça mais soltinha nesta área do corpo. Evite blusas ou vestidos colantes e certas malhas que marcam demais. Procure também não criar volumes excessivos na barriga, como drapeados pesados. Use, no máximo, um drapeado de malha bem fininha, que disfarça imperfeições. O melhor, mesmo, é usar tecidos planos leves e sem transparência, em modelos tipo bata, justas sob o busto (recorte império) e larguinhas na barriga. E lembre-se: dê preferência aos tecidos planos, porque não marcam.

Sobreposições de peças funcionam, como camisa aberta sobre camiseta ou jaqueta aberta sobre a blusa ou vestido, já que afinam a silhueta. Cuidado com calcinhas, leggings ou meias calças muito apertadas na cintura que dividem a barriga no meio, horrível. Aproveite para chamar a atenção sobre o colo, ombros, braços e pernas, sempre valorizando o que você tem de mais bonito. Para as calças, os modelos com cintura no lugar caem melhor. Use-as sempre no tamanho certo, evitando as muito apertadas, que marcam demais, ou as muito largas, que engordam. Coloque sempre a blusa pra fora da calça, que fica mais elegante. Preste atenção aos jeans, pois tendem a não ficar muito belos se a barriga estiver grande. Ainda: os decotes profundos e em "V" afinam a silhueta.

Quadris largos

Símbolo de sensualidade e feminilidade, os quadris largos são charmosos quando estão proporcionais. Se forem muito exagerados, podem pesar a silhueta, além de causar certo furor por onde passam. Piadas à parte, a gente sabe quando gostaria de estar um pouco mais fininha evitando um "pandeiro" ambulante. Algumas peças de roupa podem minimizar o efeito "mulher melancia", tornando a silhueta mais leve e elegante.

O que usar

Sempre dê preferência para mangas cavadas, busto ajustado, cintura marcada, que criam um efeito de "falsa magra". Lembre-se de que grande parte do tempo a gente está sentada, com a parte superior do corpo em evidência. Valorize colo, ombros braços, usando bijuterias, decotes, frente única, tomara-que-caia. Saias levemente evasês, franzidas, de tecido leve e com caimento, normalmente funcionam para este tipo físico. As pantalonas ou calças retas também ficam bem para você, mas evite as pregas nas calças ou bolso faca. Os casacos ou blazers devem seguir a linha do quadril, com um leve acinturado, ou cortado em estilo redingote, nunca retão. Procure não usar cores muito claras na parte de baixo e por favor, em hipótese alguma, use calça branca transparente com calcinha marcando. Evite, também, tecidos pesados ou texturizados na calça ou na saia. E lembre-se de que um belo vestido fluido, balançando e sugerindo um farto quadril, pode ser incrivelmente sexy.

Os shorts podem ser usados com parcimônia, sempre um pouco larguinhos em cores escuras, sem marcar o bumbum, enquanto as saias modelo lápis devem ser evitadas.

Nesta coluna esclarescemos as dúvidas de Débora Cândido Ruy, Le, Ana Karina, Dalva, Isadora, Elaine, Barbara Camuraty Reis, Lizandra Caroline, Sandra Marzola, Erica da Silva Eduardo, Leticia Passadore, Carolina Silva, Iascara, Luciana, Wanessa, Lucinete, Vivianne, Claudia, Rosa Silva, Raquel, Fabiola, Maria Irene, Rosana Nunes Bonifácio, Joyce e Marcia.

Contamos com o auxílio de peso e Emily Anne Stephano Sant' Ana e com a pesquisa adicional de Graziella Martins Cavalcanti.




Mariana Rocha é consultora de moda, formada e pós-graduada pela Faculdade Santa Marcelina, onde é professora e pesquisadora de moda

Hospedagem: UOL Host