Moda

6 peças que a gente detestava quando criança, mas que agora estão na moda

Do UOL, em São Paulo

Um dos maiores pesadelos para pais é a possibilidade de seus filhotes "pegarem friagem". Para evitar que fiquem doentes, enrolam as crianças em casacos e mais casacos. O excesso de zelo, comum de geração a geração, acaba fazendo com que role aquele bode de certas peças típicas do inverno. Quem cresceu nos anos 80 e 90 tinha birra daquele gorro que esquentava demais a cabeça, da meia-calça que pinicava, da japona que limitava os movimentos na hora da brincadeira. Porém, hoje em dia, alguns modelos invadiram novamente as passarelas e a gente até voltou a gostar deles. 

  • Getty Images

    Gola alta

    A blusa com a gola alta às vezes irritava peles mais sensíveis, dava certa claustrofobia em algumas pessoas e podia esquentar demais o corpo. Mas sempre foi uma ótima proteção contra o vento frio. Inspiradas pelo retorno das tendências dos anos 90, as grifes voltaram a apostar nela em sobreposições com vestidos e camisetas.

    Imagem: Getty Images

  • Alexandre Schneider/UOL

    Meia-calça

    Quando criança, a gente colocava meia-calça e ela começava a pinicar e a escorregar no cós. Um horror. Mas a peça protegia as pernocas em eventos mais formais e, algumas vezes, acabava rasgada após horas de brincadeiras. Na vida adulta, aprendemos a proteger o acessório contra todos os perigos e o valorizamos por nos permitir usar saias mesmo em temperaturas mais baixas.

    Imagem: Alexandre Schneider/UOL

  • Getty Images

    Poncho

    Alguns anos trás, o modelo era considerado opção brega. Aí o jogo virou e, há algumas temporadas, o poncho voltou a ganhar espaço no armário dos fashionistas. Ele podia atrapalhar a diversão quando éramos crianças, mas não podemos negar que o conforto da peça. Afinal, ele é um cobertor com um buraco para colocar a cabeça!

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Japona

    O blusão volumoso, que podia ser também bastante comprido, limitava os nossos movimentos e era causa de irritação na infância, especialmente durante as brincadeiras com os amiguinhos. Depois de passar algum tempo no ostracismo, a "japona" virou item fashion.

    Imagem: Getty Images

  • Getty Images

    Sandália com meia

    Você queria esquentar os pés, mas a sua mãe tinha horror de você dar aquela encardida nas meias ao vesti-las sem sapato. O jeito, então, era usá-las com sandálias. Era feio, mas garantia conforto dentro de casa. E teve até quem usasse sandálias birken com meião nas ruas. Quem diria que, no ano passado, a Chanel colocaria a combinação em sua passarela?

    Imagem: Getty Images

  • Ben A. Pruchnie/Getty Images

    Gorro

    O acessório esquentava demais a cabeça e deixava o cabelo todo bagunçado, impedindo que você o tirasse ao longo do dia. Irritar-se com ele na infância, então, era muito comum. Porém, o chapéu conquistou famosas como Cara Delevingne e as passarelas por ser mais um elemento resgatado dos anos 90.

    Imagem: Ben A. Pruchnie/Getty Images

Topo