Últimas de Estilo de vida

Da TV para o armário: 12 itens que entraram na moda por causa das novelas

Do UOL, em São Paulo

A novela não só emociona e diverte, mas também dita modismos. É só o acessório de algum personagem começar a chamar atenção que os comércios populares ficam cheios de itens parecidos. Aí certos hits acabam ficando conhecidos pelos nomes de uma mocinha ou vilão de folhetim. O UOL Mulher lista, a seguir, algumas peças que você já usou porque viu na novela: 

  • Divulgação

    A pulseira da Jade, de "O Clone"

    A pulseira que também é anel invadiu a Rua 25 de Março em 2001 com a ajudinha da mocinha interpretada por Giovanna Antonelli. A biju étnica já tinha feito bastante sucesso nos anos 90, mas foi resgatada pela trama que se passava em Marrocos. Hoje em dia o acessório voltou a cair no gosto das mais ligadas em moda, mas não com tanto fervor quanto no começo dos anos 2000.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Meia de lurex com sandália, de "Dancin Days"

    No fim dos anos 70, Sônia Braga causava muito na discoteca como a ex-presidiária Júlia. Mas o que ditou moda mesmo foi a abertura da novela da Globo, que mostrava um par de meias de lurex bem coloridas usadas com sandálias de plástico. O item começou a ser vendido nos comelôs, mas, no caso das mais jovem, era combinado com melissinhas.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    Os lenços de Viúva Porcina, de "Roque Santeiro"

    A personagem de Regina Duarte amava usar lenços e turbantes em cores vibrantes na cabeça. As amarrações e estampas marcantes caíram no gosto do público, já que tinham tudo a ver com a estética dos anos 80, época em que a novela foi exibida pela Globo. Se o lenço fosse combinado com várias bijus douradas e make colorblocking, melhor ainda!

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação/Gshow

    A blusa de Babalu, de "Quatro por Quatro"

    A blusa cigana até pode estar voltando a ser hit, mas ela conquistou o coração brasileiro no corpo de Leticia Spiller, que interpretou a manicure em 1994. O modelo era combinado com shortinhos curtos e de cintura alta. A personagem também popularizou o frufru amarrado bem alto.

    Imagem: Divulgação/Gshow

  • Divulgação

    O brinco de Maya, de "Caminho das Índias"

    A mocinha indiana interpretada por Juliana Paes usava, em 2009, várias bijuterias com a estética típica do país na novela das 21h. Logo brincos cheios de pedrinhas e outros penduricalhos também invadiram as lojas de comércio popular. A parte mais engraçada é que os itens eram vendidos em cartelas com o rosto da atriz. Tudo sem autorização, claro.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    A correntinha de cintura de Suelen, de "Avenida Brasil"

    A maria-chuteira interpretada por Isis Valverde amava deixar a barriga à mostra. Por isso, um acessório como a correntinha de cintura sempre lhe caía bem. Em 2012, pouco antes da moda de bodychain, correntes que adornam o tronco, ganhar força, a personagem fez as mulheres usarem o "colar" nas ruas. Quem disse que periguete não pode ser lançadora de tendência?

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    As saias plissadas de Darlene, de "Celebridade"

    A periguete interpretada por Deborah Secco em 2003 amava uma saia bem curtinha e plissada. O modelo virou sucesso certeiro entre as adolescentes, que também adotaram as sandálias com meias coloridas usadas pela personagem.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    O pingente de Érica, de "Malhação" (6ª temporada)

    A vilã feita pela então desconhecida Samara Felippo usava, em 1999, um bindi, adereço da Ásia Meridional que tem fins religiosos. Mas, assim como a personagem da novela adolescente, outros jovens usaram o pingente na testa para arrematar o visual. O acessório era vendido em cartelas adesivas, lembra?

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    A cruz de Mariana, de "Renascer"

    Na novela de 1993, a personagem de Adriana Esteves usava um crucifixo pendurado em um cordão de couro bem justinho ao pescoço. O pingente ganhou versões em joalheria e de camelôs.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    O brinco estranho de Patricia, de "Amor à Vida"

    O que a moderninha feita por Maria Casadevall em 2014 usava não era exatamente um brinco, mas um ear cuff. O acessório era marcante e acabou conquistando as garotas mais ousadas, que o deixavam à mostra com cabelos assimétricos ou todo jogados para um lado.

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    A camisa de Raimundo Flamel, de "Fera Ferida"

    Todo mundo queria ser o galã Edson Celulari com a bata com gola redonda. Tanto que o item era vendido no comércio popular, em 1993, com o nome do personagem. Os homens acreditavam que bastava usar a camisa para adquirir um pouco do charme do ator. Será?

    Imagem: Divulgação

  • Divulgação

    O colar de Espírito Santo de Tereza, em "Viver a Vida"

    A ricaça interpretada por Lilia Cabral até podia ser um protótipo de vilã, mas o colar que usava com o símbolo do Espírito Santo se tornou item de desejo em 2009. Réplicas foram feitas tanto por marcas de joias como por camelôs. Religiosos ou não usavam o adereço que virou hit de estilo.

    Imagem: Divulgação

Topo