Moda

Deslize fashion: 6 erros para evitar na hora de presentear alguém no Natal

Getty Images

Do UOL, em São Paulo

Dar roupas de presente de Natal pode ser mais difícil do que parece. O estilo de cada um é muito pessoal e agradar não é uma tarefa fácil. Se sua preocupação é mostrar que você se importa com ela, entregando um presente certeiro, veja, a seguir, seis dicas para não deslizar nas compras.

6 erros para evitar ao presentear

  • Troca de estilo

    Errar no estilo do presenteado pode parecer que você não presta atenção nele. Afinal, dar um colar extravagante para uma mulher com visual básico, que não gosta de acessórios, acaba demonstrando uma falta de empenho em agradar. Antes de comprar, veja fotos do presentado nas redes sociais e tente decifrar o estilo dele. Vale observar se ele já apareceu, em algum momento anterior, com uma peça semelhante a que você quer dar.

  • Ousadia sem noção

    Não é porque você adorou a bolsa de vinil roxa com penduricalhos dourados que viu na vitrine, que sua presenteada também vai gostar. No Natal, é melhor deixar a ousadia de lado e ficar nas opções mais seguras. Peças mais básicas são mais fáceis de agradar.

  • Tamanho errado

    Dar de presente uma roupa muito grande pode parecer que você acha que a pessoa é maior do que ela é. Uma peça muito pequena, por sua vez, pode passar a mensagem que você quer que ela emagreça. Por isso é importante investigar qual é o tamanho de roupa que seu presenteado usa. Uma dica certeira é pedir para alguém que mora com ele checar as etiquetas no guarda-roupa.

  • Ocasião inapropriada

    Casaco de neve para alguém que só gosta de praia, vestido de festa para alguém que não costuma ir para a balada ou gravata para alguém que não precisa de formalidade no trabalho. Presentes mal pensados podem até agradar no visual, mas vão acabar no fundo da gaveta. Dê algo que combine com a rotina do presenteado e que você tenha certeza que ele terá ocasião para usar.

  • Reaproveitamento

    No Natal passado, você ganhou um presente de alguém que cometeu todos os erros acima. Resultado: jogou a peça no fundo do armário, com embrulho e tudo. Neste ano, decidiu economizar e reaproveitar o presente, entregando-o pra outra pessoa. Apesar de ser um ato sustentável, é preciso pensar bem antes de tomar tal atitude. Se você não curtiu o presente, será que a outra pessoa vai gostar? Considerando que um ano de passou, vale verificar também se a peça ainda está na moda.

  • Seguindo a tendência

    Não é porque uma peça está em alta que ela irá agradar automaticamente. Seu presenteado pode ter um estilo mais sólido, que não acompanha as tendências. A dica mais importante para acertar é observar bem a personalidade de quem receberá a peça. Fazer o seu próprio presente pode ser uma alternativa mais carinhosa, que dispensa o consumo desenfreado gerado no Natal.

Topo