Moda

Está de dieta? Veja dicas para adaptar suas roupas durante o emagrecimento

iStock

Do UOL, em São Paulo

Você mudou sua alimentação, passou a praticar exercícios físicos e está trabalhando sua cabeça para ter uma vida mais leve e saudável. A consequência desta combinação é a perda de peso e a melhoria da saúde. Enquanto pode ser muito gratificante ver os números da balança caindo e seguir em um novo estilo de vida, o processo de emagrecimento pode se tornar um transtorno quando o assunto é moda.

Suas roupas antigas não te servem mais e você ainda não chegou no peso ideal para comprar peças novas. Enquanto isso não sabe como se vestir e, para tentar economizar em peças que usará por pouco tempo, anda com looks largos demais e com as calças caindo. Para te ajudar a passar por este processo, o UOL dá seis dicas de moda para quem está emagrecendo.

Guarda-roupa ideal durante o emagrecimento

  • Nada de peças de alfaiataria

    Os tecidos sem elastano geralmente são usados em peças mais formais, como camisas, calças e blazers de alfaiataria. Como não esticam, roupas assim devem ter a medida exata do corpo para garantir os movimentos e o conforto. Peças em tecidos rígidos devem ficar de fora da lista de compras de quem está emagrecendo já que, com os quilos a menos, elas podem ficar largas demais e você pode acabar perdendo o look que comprou há pouco tempo.

  • Elásticos

    Os elásticos, malhas e tecidos com elastano são os melhores amigos de quem está passando por um processo de emagrecimento. Como eles esticam bastante, podem se adequar ao corpo conforme você vai perdendo peso. Ao invés de comprar calças jeans, que logo ficarão largas demais, você pode investir em leggings, que poderão ser usadas mesmo quando já estiver mais magra.

  • Batas e vestidos soltos

    Para que você possa usar suas roupas por mais tempo durante o processo de emagrecimento, pode ser uma boa ideia investir em batas e vestidos mais soltos. Roupas propositalmente mais largas não marcam tanto o corpo e servem em uma maior variedade de manequins.

  • Peças sem manga

    Em mulheres que têm tendência a acumular gordura no braço, achar blusas que sirvam bem nessa região do corpo pode ser um desafio. Que tal já se acostumar em parar de se esconder por baixo de camadas de tecido e começar a mostrar o tríceps? As regatas servem melhor e disfarçam a diminuição das medidas.

  • Lingerie

    Os seios também têm gordura e conforme a mulher perde peso, o tamanho do sutiã também diminui. Para a sustentação correta, é preciso trocar de sutiã cada vez que você percebe que o seu já está grande. Mas não vale se adiantar e comprar um tamanho menor. É preciso evitar peças muito pequenas, já que elas podem causar desconforto na respiração e problemas na postura.

  • Ajustes

    Ao chegar no seu peso desejado, vale separar aquelas roupas favoritas para fazer ajustes na costureira. Saias são as peças mais fáceis de ajustar, calças e bermudas também costumam dar certo, mas blusas e vestidos com mangas e muitos recortes, por exemplo, nem sempre valem a pena reformar. Quando a perda de peso é muito grande, não há ajustes que salvem suas antigas roupas. Neste caso, doe tudo e vá às compras. Será muito prazeroso experimentar looks em números menores e se sentir linda com os quilos a menos.

Topo