Últimas de Estilo de vida

Leitoras contam qual foi o pior presente fashion que já ganharam no Natal

Do UOL, em São Paulo

Quem nunca abriu um presente de Natal e teve que dar um sorriso amarelo ao se surpreender com algo nada a ver com o que costuma usar? Além da reunião em família e da mesa farta de comida, a data também é marcada pela troca de presentes. Mas nem sempre os parentes e amigos acertam ao escolher uma peça fashion, mesmo que tenha sido escolhida com muito carinho. Com bom humor, leitoras contam qual foi o pior presente de moda que já ganharam. Veja a seguir.

Piores presentes

  • Arte/UOL

    Calça Clochard

    "Minha mãe foi a protagonista do presente de Natal mais estranho do mundo! Em 1998 eu andava com uma galera underground, descolada, e adorávamos as marcas do momento, como Benetton, Fiorucci e Zoomp. Minha mãe trabalhou muito e queria muito me agradar, então me deu uma calça clochard da Zoomp. Mas além de não combinar nem um pouco com meu biótipo (sou baixinha, 'bunduda' e com pernão), ainda não entrou nas ancas. Mico total. Acabei trocando por uma camisa branca", Vallerie Vargas (São Paulo - SP)

    Imagem: Arte/UOL

  • Arte/UOL

    Bolsa de vinil roxa

    "Foi há uns três ou quatro anos, a pessoa pensou que eu gostaria de ganhar algo muito diferente, já que sou estilista. Então ela me deu uma bolsa de vinil roxa cheia de correntes. Mas o presente foi na boa intenção, depois troquei por um tênis branco e ficou tudo bem", Karin Feller (São Paulo - SP)

    Imagem: Arte/UOL

  • Arte/UOL

    Meias rosas

    "Já ganhei meias rosas! Quem gosta de ganhar meias? Eu tinha 12 anos e, no amigo secreto da igreja, a pessoa da turma que eu menos gostava me tirou. Como toda brincadeira, eu estava cheia de expectativas e curiosidades, mas na hora da revelação, não teve jeito, eu torci o nariz, não consegui esconder minha insatisfação e a pessoa percebeu", Débora Di Campos (Sorocaba - SP)

    Imagem: Arte/UOL

  • Arte/UOL

    Camiseta tie-dye laranja

    "Foi em 2003 ou 2004, eu ainda estava no colégio e todo mundo sabia que eu queria fazer faculdade de moda. Uma professora me deu o presente dizendo que tinha lembrado de mim na hora quando viu a peça, porque sabia que eu gostava de moda. Quando abri o pacote, era uma blusa laranja tie-dye, com aplicações de flores e termocolantes", Camila Ferraz (Rio de Janeiro - RJ)

    Imagem: Arte/UOL

  • Arte/UOL

    Macaquinho de cetim com corrente

    "Foi no Natal de 1992, eu tinha 13 anos e ganhei da minha prima um macaquinho curto de cetim vermelho vibrante e com alças que eram feitas com correntes douradas", Angela Michel Sabatini (Londrina - PR)

    Imagem: Arte/UOL

  • Arte/UOL

    Bolsa laranja com penduricalhos dourados

    "A bolsa laranja de couro falso com penduricalhos dourados foi um presente de Natal e aniversário junto, afinal, eu nasci no dia 21 de dezembro. Acho que foi em 2010 e ganhei de uma tia. Até hoje a bolsa está no meu armário, tenho pena de doar, mas realmente não é meu estilo", Poli Bittencourt (São José dos Campos - SP)

    Imagem: Arte/UOL

Topo