Moda

Vai trabalhar de bike? Veja dez dicas na hora de montar o look

Reprodução/Instagram @sawakofuruno
Look para trabalhar de bike imagem: Reprodução/Instagram @sawakofuruno

Juliana Simon

Do UOL, em São Paulo

A expansão das ciclovias nas grandes cidades e o desejo por uma vida mais saudável e ecologicamente correta fizeram com que mais pessoas deixassem o carro em casa e optassem pela bicicleta como transporte principal.

A rotina com a bike, no entanto, exige algumas adaptações. Um dos problemas mais comuns é escolher a melhor roupa para pedalar. O UOL separou dez dicas para adotar a magrela sem perder o estilo, o conforto e a segurança:

Como montar seu look para trabalhar de bike

  • Conforto é a lei

    A regra dos ciclistas é usar roupas confortáveis. Camila Silveira, uma das fundadoras da grife especializada Velô, afirma que a modelagem ideal é aquela mais justa e que tenham elasticidade. A ergonomia está nos detalhes, como blusas sem recorte de cava ou o entrepernas da calça sem costura, para não machucar.

  • Fique de olho nos tecidos

    "Tecido natural é mito. Peças de algodão absorvem umidade", diz Camila, defensora da tecnologia nas fibras de peças voltadas para quem pedala. Os tecidos tecnológicos têm várias funções, como os que oferecem fator proteção UV50 e os terapêuticos, que ajudam a reconstrução de músculos lesionados. Outra opção são os tecidos de poliamida, que secam mais rápido. Alguns itens contam com material que previne a proliferação de bactérias. Guga Machado, do site "Eu Vou de Bike", lembra que o Brasil tem muitas variações geográficas. "Na cidade de São Paulo, por exemplo, às vezes vivemos as quatro estações do ano no mesmo dia. Então o ideal é se vestir em 'camadas', com tecidos mais impermeáveis por fora e tecidos tecnológicos em contato com a nossa pele", diz.

  • Roupa social também tem vez

    Peças como camisa social, ternos e calças de alfaiataria não são totalmente incompatíveis com o ciclismo. Dependendo da intensidade da pedalada e do tamanho do trajeto, quase não transpiramos. Se seu ambiente de trabalho é formal, mas você tem tempo e local para uma troca de roupas, o truque é levá-las dobradas sobre papelão dentro de uma pasta grande e funda (aquelas de escritório mesmo). "Atualmente, grandes marcas têm desenvolvido linhas de roupas casuais e sociais, com características especiais para ciclistas, como é o caso da linha 'commuter' da Levi's", lembra Guga.

  • Truque fácil para calças folgadas

    O mais recomendado é usar calças mais justas para que não enrosquem na correia da bike. Mas se não for possível, a dica é prender as pernas da peça ao corpo com elásticos ou adquirir tornozeleiras específicas para isso, disponíveis no mercado.

  • Na hora de pedalar, evite o curto

    Saias e shorts muito curtos são um problema duplo. Além de correr o risco de "pagar calcinha" ao subir, descer da bike e enquanto pedala, o contato direto da pele com o banco pode causar assaduras e até feridas.

  • Vai pedalar no escuro?

    "Além da iluminação da própria bicicleta, tais como sinalizações refletivas nos pedais, nas rodas, luz branca na frente e vermelha piscando atrás, o ideal é utilizar roupas mais claras, ou até um colete refletivo por cima do seu look. Este colete é fácil de encontrar (em lojas de materiais de segurança) e não interfere no seu visual, pois chegando no seu destino, é só removê-lo", diz Guga. Outra dica é, no caso de uso de bolsas ou mochilas, aplicar alguns filetes refletivos nestes acessórios. Se não quiser usar colete, hoje estão disponíveis camisetas, calças e até lenços com refletivos, encontrados em lojas especializadas ou de artigos esportivos.

  • O que fazer com o salto?

    O ideal é procurar calçados que não saiam facilmente dos pés e que tenham alguma aderência aos pedais. No caso do salto, a melhor opção são os que têm uma plataforma mais rígida e que não sejam altíssimos, para evitar que atrapalhe na hora de apoiar os pés no chão.

  • Acessórios descolados

    Não tem desculpa para deixar de lado capacete e luvas protetoras em nome da moda. Estão disponíveis no mercado vários capacetes com desenhos ou, no estilo dos skatistas, maiores na nuca. O importante é procurar um que fique estável na cabeça. Nas mãos, as luvas para ciclistas urbanos são mais delicadas, feitas de poliamida, o que ajuda evitar o suor. Dia de chuva? Há capas mais curtas perfeitas para pedalar.

  • Onde guardar celular, chave e todo o resto?

    "Na verdade o ideal é que você fique livre de qualquer volume peso em seu corpo, utilizando sua 'bagagem' presa na própria bike. Mas no caso de não utilizar este equipamento, procure usar uma mochila pequena com costado anatômico e preparado para a passagem de ar, de modo a não suar nas costas por causa do volume extra. E no caso do uso de bolsa, o ideal é que ela seja pequena e com uma alça que não interfira na sua pedalada", diz Guga.

  • Cabelo no lugar

    Preocupada com o penteado? A melhor dica de ciclistas urbanos para não bagunçar o cabelo com o capacete (item indispensável, vale lembrar) é prender os fios em uma bandana.

Topo