Moda

Moda masculina: grandes nomes apresentam coleções 'ecológicas' em Milão

Milão

Os grandes nomes da moda apresentaram nesta segunda-feira em Milão suas coleções masculinas para o verão 2011, entre eles Gucci, Zegna, D&G e John Richmond, que se destacaram por seu toque "ecológico".

  • AFP

    Coleção da D&G foi inspirada no quadro "Almoço na Relva", de Manet (21/06/2010)

A consciência ecológica invadiu as passarelas de Milão, que foram acarpetadas de grama e trepadeiras para apresentar modelos vestidos com temas vegetais e animais.

D&G surgiu com um desfile chamado "Le Déjeuner sur l'herbe", o nome do célebre quadro de Manet ("O Almoço na Relva"), que neste caso não se inspira em mulheres, mas em duendes com camisas de quadrados grandes nas cores vermelha, azul e verde com seus bolsos de couro e tela para carregar pão e verduras.

As célebres sandálias espanholas de cordas, a espadrille, asim como as flores, imperam nas coleções, como uma ode a mais à natureza.

A casa Etro se coloca a serviço da árvore e apresenta prendas ultra leves em seda, algodão e nylon com motivos arabescos estampados, rendas e folhagens.

Como mensagem de apoio à campanha do maestro italiano Claudio Abbado, que solicitou à prefeitura de Milão a plantação de 90.000 árvores como forma de pagamento para que retornasse após 24 anos ao teatro Scala, o que acabou não ocorrendo, a Etro distribuiu 300 árvores de cerca de 30 centímetros durante a apresentação.

As cores verde, terra e cáqui, justamente aquelas da Mãe Terra, marcam os desfiles, que parecem fotos do Amazonas.

Nesse ambiente, o homem Gucci é um caçador, que não hesita em enfeitar-se com a pele de suas presas: couro, pele de cobra, motivos equestres. As cores são também naturais: azul, cinza e terra.

A estilista da casa, Frida Giannini, decidiu que as mangas das roupas fossem de seda e lã mohair e as calças bem justas, estreitas, mas com cortes na cintura.

Os acessórios, como o couro de vaca, foram lavados para obter um efeito gasto, vintage. Uma espécie de elegância hippie, que combina a tradição artesanal com a marca Gucci, respeitando assim os princípios da indústria mundial.

Topo