Moda

Primavera de Dior será negra, mas outros outros estilistas acreditam na diversidade de cores

Laurent Cipriani/ AP Photo
Modelo usa criação do estilista Kris Van Assche para a Dior na Semana de Moda Masculina Primavera-Verão 2011 imagem: Laurent Cipriani/ AP Photo

PARIS, 26 Jun 2010 (AFP) -O negro domina quase por completo a coleção masculina para a primavera e verão 2011 da casa Christian Dior, ao mesmo tempo em que outros estilistas, como o da casa Christian Lacroix, apresentam uma paleta de cores em seus desfiles.

A passarela Dior, criada pelo belga Kris Van Assche, foi escura e clássica, minimalista, destacando alguns toques imaginativos como jalecos amplos abertos nas costas e alguma capa flutuante, assimétrica.

O homem Dior será fundamentalmente urbano, vestindo durante a primavera e o verão camisas soltas em tecidos leves, ou calças estreitas, com cintura baixa. Usará botas, ou de vez em quando sandálias finas de couro preto.

Em troca, a casa fundada por Christian Lacroix, adquirida em 2005 pelo grupo americano Falic, imaginou sua coleção para um dândi, um homem viajado e aberto ao mundo, às cores e às paisagens.

Criada por Sacha Walchhoff, que foi o braço direito de Lacroix durante 18 anos, a coleção aparece, também, como um tributo ao estilista francês, que não voltará a desfilar na semana da alta-costura de Paris. após ter sido obrigado por uma decisão judicial a fechar sua divisão de alta-costura, por um problema com pagamentos.

"Uma das inspirações da coleção da casa Lacroix são as cores e paisagens do sul da França, a Camargue, a região preferida de Lacroix", disse à AFP o ex-assistente do genial estilista francês.

Topo