Moda

Luxo e fluidez são as palavras de ordem do homem Dior

AP
Dior Homme apresenta coleção para o Inverno 2011 na Semana de Moda masculina de Paris (22/01/2011) imagem: AP

PARIS - A coleção masculina da 'maison' Dior para o próximo inverno abusou dons tons neutros, mas com um forte tempero em vermelho em peças de caxemira ou malha fina, dando fluidez e conforto para os homens.

"Quis encontrar a mesma fluidez do verão. Esse era o meu desafio. Para tanto, utilizei muita malha, bem como a caxemira para apresentar uma roupa quente, mas que também fosse leve", explicou no 'backstage' do desfile, celebrado este sábado, em Paris, o estilista belga à frente da marca tradicional, Kris Van Assche.

"Meu objetivo foi conseguir linhas muito masculinas, dirigidas aos elementos fundamentais do luxo", acrescentou. O desfile foi celebrado em uma enorme sala decorada unicamente com grandes lustres e falsas lareiras.

Na primeira fila, várias celebridades assistiram ao vai e vem dos modelos, como o rapper americano P. Diddy, que estava acompanhado de duas mulheres elegantíssimas, e o ator de cinema Lambert Wilson.

As camisas, de colarinho alto fechado, acompanhavam calças grandes e fluidas. Os ternos impecáveis em tons de cinza, marrom ou preto foram apresentados sem camisa, com blusas de colarinho alto ou irregular.

Alguns modelos usaram grandes chapéus pretos de abas largas, que escondia seus rostos. Assim como no caso do belga Dries Van Noten, a elegante amplidão das calças surpreendeu, bem como os cintos largos sobre as jaquetas dos ternos, usadas abertas.

Topo