Moda

Semana de moda de Paris começa nesta terça; Dior deve anunciar diretor criativo no evento

AFP
Funcionários da Maison Dior recebem aplausos após desfile da coleção Inverno 2011 em Paris imagem: AFP

Paris - A Semana de Moda começa na terça-feira (27) em Paris, com 92 desfiles oficiais, entre eles o da maison Dior, que pode aproveitar a ocasião para nomear seu novo diretor criativo. Muitos apostam no americano Marc Jacobs para o cargo.

Depois de Nova York, Londres e Milão, a maratona de desfiles apresentando o prêt-à-porter para o verão europeu vai acontecer em nove dias e se espalhar por museus, hotéis luxuosos e grandes tendas em parques da Cidade Luz.

Além dos 92 desfiles oficiais, 15 jovens estilistas apresentarão suas coleções no programa parelelo, o chamado "off", entre eles um grupo de estilistas argentinos.

O mundo da moda estará com a atenção voltada principalmente para as notícias da maison Dior, que continua sem diretor artístico sete meses após a saída do talentoso britânico John Galliano, acusado de insultos antissemitas.

Há semanas os rumores garantem que a marca está disposta a escolher Marc Jacobs, responsável pela marca homônima e diretor artístico da Louis Vuitton, que pertence ao mesmo grupo de luxo LVMH, proprietário da marca Christian Dior. Apesar disso, a marca, que vai apresentar seu desfile na sexta-feira, se mantém em silêncio.

Entre os desfiles mais esperados da semana está o primeiro em cinco anos da marca Paco Rabanne, que pertence ao grupo espanhol Puig.

Após a aposentadoria de Rabanne, em 2000, a marca fez algumas tentativas de encontrar um estilista que correspondesse às suas expectativas, mas nenhuma das tentativas deu certo e seus desfiles foram suspensos em 2005. Apenas este ano foi nomeado o indiano Manish Arora, conhecido por seus desenhos inovadores cheios de cor.

Instalado na Índia, Arora, que apresentará também sua própria coleção, estreou em 2005 na Semana de Moda de Londres, e três anos depois começou a desfilar em Paris.

Cerca de dez jovens criadores, contratados por marcas reconhecidas, vão estrear na semana parisiense, entre eles Olivier Rousteing, de 25 anos, indicado pela Balmain, onde substituiu Christophe Ducarnin.

A maison Kenzo acaba de apresentar uma dupla nova-iorquina para substituir Antonio Marras, que dirigiu durante oito anos a famosa marca. O sino-peruano Humberto Leon e a coreana Carol Lim surgiram em Nova York com a marca Opening Ceremony, uma mistura sofisticada de loja e galeria de arte.

A marca Issey Miyake vai estrear também um novo estilista, o jovem Yoshiyuki Miyamae, responsável pela moda feminina, enquanto a masculina foi confiada a um coletivo de estilistas.

Cacharel, que despediu em março seu diretor artístico Cédric Charlier, terá também um duo na direção: os jovens estilistas chineses Ling Liu e Dawei Sun.

Outro momento esperado da Semana de Moda de Paris será o primeiro desfile da estrela do rap americano Kanye West, em um desfile fechado para apenas 60 convidados.

Topo