Últimas de Estilo de vida

Tons pastel, anos 70 e gola rolê estão entre as tendências em Nova York

De Nova York (EUA)

A década de 70, com suas estampas, tons terracota e alaranjados, golas rolê e peles em tons pastel, além da volta do rabo de cavalo são algumas das tendências apresentadas nos desfiles de Inverno 2015 da Semana de Moda de Nova York.

Os anos 1970
O próximo inverno será de"Paz e Amor", definitivamente. Esta década lendária domina as passarelas com suas estampas e tons de laranja, café, mostarda e verde junto a jaquetas de gola alta e calças boca de sino.

Esta tendência apareceu nas estampas florais e psicodélicas de Mara Hoffman, Karen Walker e Jill Stuart; nos marrons de Derek Lam, Tommy Hilfiger, Thakoon, BCBG MaxAzria e nos tons adamascados de Victoria Beckham, BCBG MaxAzria e Opening Ceremony. Também se destacou a influência disco de Zac Posen e seus vestidos de noite em verde metalizado.

Franjas continuam em alta
Presentes nos desfiles de Verão 2015, as franjas dão mais uma vez o toque de fantasia e movimento aos looks. Enfeitam uma saia combinada a um casaco no desfile de Sally LaPointe, estruturaram um poncho de Tracy Reese e uma saia de J Crew, formam um minivestido de Misha Nonoo e surpreendem na primeira linha de bolsas da Altuzarra.

Peles em cores pastel e cachecóis
As peles, verdadeiras ou sintéticas, chegam para aquecer com elegância os nova-iorquinnos congelados, e não só nos casacos mas também em forma de cachecóis usadas de forma assimétrica ao redor do pescoço. Muito na moda, a doçura dos tons pastéis como o rosa ou azul claro e creme de destacaram na Altuzarra, com mais imaginação em Helen Yarmak e Zoe Jordan ou com mais leveza no desfile da Suno.

Saias com fendas grandes e assimétricas
As saias, muito fluidas e amplas e por muitas vezes abaixo dos joelhos, mostram um estilo roqueiro e gráfico em DKNY, Victoria Beckham e até mesmo em Prabal Gurung, que ousou com saias-lápis de cortes assimétricos. Outros elegeram fendas até as coxas, como Jason Wu e Prabal Gurung, ou entre as pernas, como Wes Gordon.

Vestidos 'chemisier' com casacos amplos
O suprassumo do glamour, em cetim, renda e muitas vezes com alças finas com um amplo e grosso casaco combinando, capuz de pele ou uma capa emprestada do armário masculino com ombros arredondados... São os básicos de Prabal Gurung, Altuzarra e Cushnie & Ochs.

Inspiração esportiva
Evidente na Lacoste e Tommy Hilfiger, onde o futebol americano é a inspiração, com laços sobre grandes suéteres e botas que lembra uma bola de futebol. A influência do esporte também aparece em Alexander Wang e Public School, onde os casacos e o conforto são a peça principal para o próximo inverno.

O delicado vestido branco
Um sucesso da temporada, ele se mistura às cores claras do inverno. Aparece com toques de preto na cintura no desfile de Diane von Furstenberg, elegante com gola alta e saia ampla em Victoria Beckham, sexy e delicado em Altuzarra, mas também ampla e fluida em Reem Accra, Sally LaPointe ou mais simples e chique em Jason Wu.

Grandes botões
Estes pequenos toques pop estarãos em toda parte nos próximos meses se a previsão de Edun, Derek Lam, Victoria Beckham e Tommy Hilfiger se concretizar.

Rabo de cavalo, beleza natural e delineador preto
Muito destacado nesta temporada, o rabo de cavalo volta com força em 2015 na opinião de Derek Lam, onde o cabelo é preso por um pequeno laço de couro ou um simples elástico em Hervé Léger e Nicole Miller.

A beleza investe em lábios pálidos e bochechas rosadas (Honor, BCBG, Thakoon), além de sobrancelhas imponentes e desarrumadas (BCBG, Jason Wu). Nos olhos é tudo ou nada, um delineado grosso com lápis preto (Suno Fall, Yigal Azrouel, FKNY, Ohne Titel), ou como maquiagem do dia anterior (Victoria Beckham), efeito de cabelos sujos (Alexander Wang) ou ao natural (Jason Wu, Lacoste).
 

Topo