Moda masculina

Usar sapato marrom atrapalha ascensão de banqueiros em Londres, diz estudo

Divulgação
Sapato marrom pode acabar com a carreira de um banqueiro na Inglaterra imagem: Divulgação

O uso de sapatos marrons pode ser um freio à ascensão no mundo das finanças britânico, mais um exemplo das regras sociais não escritas que impedem a mobilidade social, advertiu o governo britânico em um estudo. "Os códigos opacos de conduta se estendem ao vestuário", constatou a Comissão de mobilidade social do governo em um relatório publicado nesta quinta-feira e elaborado por investigadores da Universidade Royal Holloway de Londres e pela Universidade de Birmingham.

"Para os homens, usar sapatos marrons com um terno formal é geralmente considerado inaceitável pelos banqueiros britânicos", afirma o estudo, centrado no mundo das finanças.

Isso prejudica "os candidatos mais humildes cuja educação e origem significa que não são conscientes dos códigos 'opacos' de indumentária", alerta a comissão.

O presidente da Comissão, Alan Milburn, estimou que "há jovens brilhantes da classe trabalhadora aos quais é fechado o caminho a empregos altos nos bancos de investimentos porque não frequentaram um punhado de universidades elitistas nem conhecem certas regras culturais secretas". "É escandaloso, por exemplo, que alguns gerentes ainda julguem os candidatos por usar sapatos marrons com um terno, mais que por seu talento e potencial", lamentou.

Topo