Moda

Publicidade com Julianne Moore é censurada em Veneza

VENEZA, 30 AGO (ANSA) - Uma publicidade com a atriz norte-americana Julianne Moore para uma grife italiana tornou-se o alvo da primeira intervenção do governo local a dias do início do 67º Festival de Cinema de Veneza, que começará nesta quarta-feira.

  • Divulgação

    Julianne Moore em anúncio da Bulgari; veiculação da foto na Piazza San Marco foi proibida em Veneza


O anúncio para a Bulgari foi considerado "obsceno" pelo prefeito da localidade, Giorgio Orsoni, que ordenou a retirada do material que havia sido posto na Piazza San Marco, no centro da cidade.

A imagem em questão mostra a atriz nua, coberta apenas por uma bolsa da marca e dois filhotes de felinos, em uma pose considerada "inadequada" pela administração pública.

Orsoni exigiu que a empresa substituísse a peça publicitária por outra mais "recatada". A grife de acessórios de luxo, que pagou 2,8 milhões de euros (cerca de R$ 6,2 milhões) pela publicidade, acatou a decisão do município.

A solicitação, feita no fim de semana, é um dos destaques na imprensa especializada e ocorre a menos de uma semana do início da reconhecida mostra. A 67ª edição do Festival de Cinema de Veneza começa na quarta-feira desta semana e vai até o próximo dia 11. (ANSA)

 

Topo