Moda

Semana de moda de Milão pode ajudar a Itália a reagir à crise

Reuters
A top australiana Abbey Lee Kershaw desfila look da Gucci para o Inverno 2011 em Milão (23/02/2011) imagem: Reuters

A próxima semana de moda de Milão, que acontece entre 21 e 27 de setembro no Palácio Marino, será uma ocasião para "reagir à crise", declarou hoje o presidente da Câmara Nacional da Moda da cidade, Mario Boselli, Mario Boselli.
   
Ele espera que o evento possa auxiliar o setor, uma vez que o crescimento do faturamento da indústria italiana, estimado em 8% no início do ano, agora já caiu para 4%, recordou.
   
Boselli informou que a Câmara da Moda "tem recursos limitados" e inclusive já "exauridos" e que, por isso, em outubro, "os sócios são chamados para uma operação extraordinária para recapitalizá-la".
   
Durante a semana de setembro haverá 74 desfiles, incluindo o de um projeto coletivo de jovens e 41 apresentações. No total, serão apresentadas ao menos 119 coleções. São esperadas mais de 2 mil representantes do mundo da moda para as apresentações. (ANSA)

Topo