Moda

Estilistas Dolce e Gabbana são condenados por sonegação fiscal

MILÃO, 30 MAR (ANSA) - Os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana, fundadores da marca Dolce & Gabbana, terão de pagar uma multa de 343 milhões de euros por sonegação fiscal.

A comissão tributária de Milão confirmou a multa que os dois estilistas receberam em 2010 por causa das operações realizadas durante a reestruturação do grupo em 2004, com a criação de duas sociedades em Luxemburgo, a Gabbana Luxembourg e a Gado SRL.

As duas sociedades adquiriram as marcas de propriedade dos estilistas por 360 milhões de euros, um preço que a Receita italiana considera muito abaixo do valor real.

Os dois estilistas ainda podem recorrer da sentença.

Topo