Moda

Ator Peter Fonda processa grife Dolce & Gabbana por foto em camiseta

Divulgação
Cena do filme "Easy Rider", com o ator Peter Fonda, virou estampa de camiseta da Dolce & Gabbana imagem: Divulgação

De Washington

O ator norte-americano Peter Fonda está processando os estilistas italianos Domenico Dolce e Stefano Gabbana por terem usado uma imagem sua, sem autorização, em uma campanha da grife Dolce & Gabbana.

Fonda, filho de Henry Fonda, diz que uma de suas cenas no filme "Easy Rider" (1969) foi utilizada como estampa de uma série de camisetas da grife italiana. As peças foram vendidas nos Estados Unidos por US$ 295 cada.  O ator, de 73 anos, pede uma indenização de US$ 6 milhões.  

Segundo ele, o incidente gerou "danos à sua paz interior, à felicidade e reputação, além de uma perda de valor de mercado, presente e futuro, para sua imagem".

Em nota, a Dolce & Gabbana informou que ficou sabendo do fato "pelos meios de comunicação" e que "não recebeu nenhuma notificação". Atualmente, Domenico Dolce e Stefano Gabbana enfrentam um outro processo na Itália. Eles foram condenados, em primeira instância, por evasão fiscal.

Topo