Moda

Corpo de Missoni é encontrado em mar da Venezuela

Vittorio Zunino Celotto/Getty Images
Vittorio Missoni em evento da Semana de Moda Masculina de Milão coleção primavera verão 2011, em Milão imagem: Vittorio Zunino Celotto/Getty Images

Os corpos de Vittorio Missoni, filho do estilista italiano Ottavio, e sua esposa Maurizia Castiglioni, foram resgatados das águas de Los Roques, na Venezuela após o acidente de avião em 4 de janeiro passado, informaram à ANSA fontes locais.  

Os corpos dos amigos do casal, Guido Foresti e Elda Scalvenzi e do piloto, Germán Marchant também foram resgatados.  

Todos estavam dentro do avião com o qual viajavam do arquipélago venezuelano de Los Roques para Caracas.  

Os trabalhos de resgate realizados pela equipe de especialistas do Ministério Público e da Armanda venezuelana começaram na segunda-feira passada (14), precisaram fontes da capital venezuelana ao jornal local El Universal, destacando que as operações continuarão nas próximas horas.  

Por sua vez, Mauro Croci, prefeito de Sumirago, cidade italiana onde mora a família Missoni, comentou à ANSA o encontro dos restos mortais do herdeiro da grife italiana.  

"Pode ser o horrível epílogo de uma tragédia que por muitos meses deixou a família na incerteza", disse Croci.  

"Finalmente a família poder ter um corpo na qual pode chorar ainda que esta não seja uma consolação. A incerteza consumou todos, em particular Ottavio, o patriarca", afirmou o prefeito.  

Vittorio Missoni, como explicou Croci, era "muito participativo na vida da cidade". Era uma pessoa apaixonada por esporte, entre as várias atividades que realizava, apoiava o setor juvenil do time de futebol da localidade.  

O filho do dono da grife italiana, junto com sua esposa e um casal e amigos, estava de férias desde o dia 28 de dezembro no arquipélago de Los Roques, considerado um dos principais pontos turísticos da Venezuela e localizado nas Pequenas Antilhas.  

O avião perdeu o contato com as torres de controle próximo do arquipélago, a 20 quilômetros da capital do país Caracas em 4 de janeiro de 2013.

Topo