Moda

Feira em Florença mostra tendências para a moda masculina

Maurizio Degl'Innocenti/EFE
Visitante fotografa casacos expostos na feira de moda masculina Pitti Uomo, em Florença, na Itália (07/01/2014) imagem: Maurizio Degl'Innocenti/EFE

De Florença

Começou nesta terça-feira (7) um dos principais eventos de moda masculina, o Pitti Uomo 85, em Florença, Itália. A feira conta com grandes nomes e tendências da moda masculina e vai até 10 de janeiro.  

O evento traz um guarda-roupa variado e sofisticado, com opções para todos os tipos de clima (Lardini e Paolini são as principais grifes a ditarem essa tendência). Os looks estão preparados para a chuva (Allegri) e o vento, e possuem um luxo embutido em pequenos detalhes como a pele dentro do casaco (Billancioni e Pasini).  

O homem de Pitti ama roupas confortáveis, práticas e com poucos detalhes. É aquele que gosta de se sentir à vontade na casa dos amigos, durante uma viagem e até mesmo no dia a dia. O seu guarda-roupa mistura inspirações que vão desde a moda de motociclistas até o clássico (Eleventy). As jaquetas têm corte perfeito, mesmo as de veludo (Massimo Rebecchi), são ajustadas em modelagem "slim" (Renè Lezard) , mas também fazem referência à moda dos anos 1980 (Manuel Ritz, Domenico Tagliante).  

A nova tecnologia de alfaiataria reúne fibras naturais, lã penteada, cashmere e algodão alpaca para obter um desempenho hi-tech e deixar as peças impermeáveis. A jaqueta de viagem oferece o mínimo de volume com o máximo de conforto, sendo à prova de água e suor, além de diminuir o efeito do vento.  

As parcas e casacos são práticos, com forro e enchimento de espuma. O colete possui peles removíveis. Os sobretudos dão mais mobilidade ao usuário e são dupla-face (Schneiders Salzburg).  

O novo casaco de viagem é recheado de algodão (Henri Lloyd). Lã, flanela, camisa e peles são submetidas a tratamentos tecnológicos inovadores que alteram sua aparência original.  

O casaco de pura lã é tratado com uma lavagem especial para não molhar (18CRR81 Cerruti); a parca mistura o isolamento térmico da lã com penas de ganso no interior (Moorer), sem perder a versatilidade (Blauer). O casaco acolchoado é "eco-friendly" (Herno). As calças possuem vários bolsos (PT01 Pantaloni Torino) e tem uma tecnologia diferenciada, com tecido stretch, fácil de passar, que não enruga e é repelente de água e suor.  

As camisas aparecem principalmente em tons de branco, preto e cinza (Bagutta). Do chapéu até os sapatos, tudo é impermeável.  

As bolsas possuem design minimalista e são "eco-friendly", resistentes e impermeáveis. São perfeitas para novos ciclistas, para se carregar o notebook. As mochilas, pastas e sacolas são feitas de couro polido de vaca e crocodilo (Bisonte).  

O novo homem de Pitti é também um jovem que adora o estilo militar, as tendências de streetwear e o rock britânico, tema desta edição, até o clássico usado para o trabalho. É para esse jovem que foram criadas jaquetas sem manga, calças skinny (justas), e camisas de neopreno (La Martina Maserati) e as roupas da Clarks Originals com pelo de carneiro e pôneis bordados, desenhados pela dupla Patternity e o rapper Dooom com a designer Atalanta Weller para a marca canadense Hershel Supply. Para mencionar os jeans, a Roj Roger's lançou uma camisa Oxford impermeável, os jeans de cintura alta estilo anos 1950 feitos com tecido japonês. As gravatas são variadas entre as de seda com estampas de animais até o quadriculado tartan da Tibi Tie.   

Topo